Campanha de vacinação contra gripe atinge 62,7% do público-alvo

A imunização está disponível nos postos de saúde até o dia 5 de junho

Campanha de Vacinação Contra a GripeCampanha de Vacinação Contra a Gripe - Foto: Arthur Mota / Folha de Pernambuco

Até o momento, foram vacinados 62,70% do público-alvo da campanha nacional de imunização contra a influenza. O balanço foi apresentado em entrevista coletiva, no Palácio do Planalto, nesta terça-feira (26), por representantes do Ministério da Saúde. A expectativa da pasta é chegar a 77,7 milhões em todo o país. A vacinação contra gripe teve início em 23 de março e vai até 5 de junho.

Foram distribuídas 74,9 milhões de doses, tendo sido aplicadas 48,7 milhões. Ainda é necessário vacinar 29,6 milhões de pessoas.

Na primeira fase, o foco foi imunizar idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores de saúde. A estimativa do Ministério da Saúde é que tenham sido atingidos pelo menos 90% dos idosos e trabalhadores de saúde. Dois estados ainda não atingiram cobertura para trabalhadores de saúde: Amazonas e Roraima.

Leia também:
Anvisa alerta sobre falsificação de vacina contra gripe
Jaboatão vacina pessoas com deficiência e professores contra a gripe


Na segunda fase, foram priorizados profissionais das forças de segurança, pessoas com doenças crônicas, caminhoneiros e profissionais de transporte coletivo, povos indígenas e funcionários do sistema prisional. Entre estes segmentos, os que menos se imunizaram foram caminhoneiros (27,35%), motoristas e cobradores de transporte coletivo (39,62%), indígenas (49,65%), doentes crônicos (70,53%) e funcionários do sistema prisional (80,75%).

A terceira fase, em curso até o dia 5 de junho, contempla pessoas com deficiência, crianças, gestantes, mulheres no pós-parto até 45 dias, professores e a população de 55 a 59 anos.

“Ainda temos tempo para que as pessoas busquem a vacinação. Aquelas que não se vacinaram na primeira e segunda fases ainda têm oportunidade de se vacinarem na terceira fase até o fim da campanha”, afirmou a coordenadora do programa nacional de imunizações do Ministério da Saúde, Francieli Fontana.

Veja também

Estudo da UnB investiga cepas do coronavírus Sars-CoV-2 encontradas no DF
Coronavírus

Estudo da UnB investiga cepas do coronavírus Sars-CoV-2 encontradas no DF

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia
Meio Ambiente

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia