SAÚDE

Campanha Nacional contra Gripe: Pernambuco antecipa, e vacinação já pode começar nesta quinta

Estado recebeu 948 mil doses que estão sendo distribuídas de forma proporcional aos municípios

VacinaçãoVacinação - Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil Saúde

Após receber 948 mil doses da primeira remessa de vacina contra a Influenza, a Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) resolveu antecipar a Campanha Nacional contra Gripe. Os imunizantes já estão sendo distribuídos de forma proporcional para os 184 municípios e Fernando de Noronha nesta quinta-feira (7) e, desde já, o Programa Estadual de Imunizações (PEI-PE) autoriza os municípios a iniciarem suas estratégias de forma antecipada, a partir do recebimento dos imunobiológicos.

Tradicionalmente realizada em todo o Brasil entre os meses de abril e maio, a antecipação também se dá em razão do aumento da circulação de vírus respiratórios por todo o País.

“Os municípios estão autorizados a iniciar a vacinação nos grupos prioritários [confira a relação logo abaixo]. É importante que a população pertencente aos grupos prioritários busquem a unidade de saúde ou posto de vacinação mais próximo de sua residência", reforçou a secretária de saúde do Estado, Zilda Cavalcanti.

Na capital pernambucana, segundo a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau), as equipes estão trabalhando na distribuição entre os Distritos Sanitários, e o início da imunização será divulgado em breve. 

De acordo com o Governo Federal, a população estimada em Pernambuco referente aos grupos prioritários da campanha é de 3.489.916 pessoas.

Confira os números de pessoas por grupos prioritários em Pernambuco:

Idosos a partir de 60 anos - 1.332.159
Trabalhadores de Saúde - 301.597
Crianças a partir de 6 meses e menores de 6 anos - 608.524
Gestantes e  Puérperas- 102.657
Comorbidades - 359.168
Pessoas com deficiência permanente- 466.372
Caminhoneiros - 32.187
Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros- 14.481
Trabalhadores portuários- 4.589
Forças de segurança e salvamento - 25.222
Forças armadas - 12.562
Povos indígenas- 86.087
Pessoas em situação de rua - 2.862
Funcionários do sistema de privação de liberdade - 4.436
População privada de liberdade 18+ e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas - 34.467

A influenza é uma infecção viral, com transmissibilidade acentuada. Apresenta-se de forma leve ou com sinais de maior gravidade, podendo inclusive levar ao óbito. A vacina contra o vírus que chegou ao Estado é trivalente, protegendo contra as cepas A H1N1, A H3N2 e o tipo B.

“A antecipação da campanha é uma importante ferramenta para prevenção de doenças imunopreveníveis, como a influenza, em períodos de sazonalidade no nosso estado”, explicou a  superintendente de Imunizações da SES-PE, Jeane Torres.

A SES-PE informou que tem reforçado junto aos municípios a importância da busca ativa da população elegível para imunização, seja ofertando a vacina em locais de grande circulação de pessoas, postos volantes, centros de vacinação, como também a ação porta a porta, que inclui o acesso da população com dificuldades de locomoção.

Veja também

Quase 100 caminhões de ajuda humanitária chegaram a Gaza pelo cais americano, diz ONU
GUERRA

Quase 100 caminhões de ajuda humanitária chegaram a Gaza pelo cais americano, diz ONU

Tragédia no RS já soma R$ 1,67 bilhão em indenizações de seguros
Rio Grande do Sul

Tragédia no RS já soma R$ 1,67 bilhão em indenizações de seguros

Newsletter