Carro é apreendido com 116 kg de maconha na BR-232, em Gravatá

Apreensão ocorreu na noite do domingo (26).

Polícia Rodoviária Federal realizando a apreensão da droga. Polícia Rodoviária Federal realizando a apreensão da droga.  - Foto: Divulgação/ PRF

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, na noite desse domingo (26), um carro que carregava 116 kg de maconha escondida. O veículo passava pela BR-232, em Gravatá, quando foi parado para fiscalização de rotina. De acordo com o motorista, o carregamento era original do Paraguai e seria entregue em Abreu e Lima, na Grande Recife.

O Núcleo de Operações Especiais foi responsável pela abordagem, que aconteceu quilômetro 71 da rodovia. Na vistoria, foi verificada a presença de 156 tabletes do entorpecente, que estavam distribuídos no para-choque, nos bancos, no assoalho e também nas portas do veículo.

À polícia, o motorista informou que foi contratado para realizar o transporte, contudo, os nomes dos responsáveis pelo envio e recebimento da mercadoria não foram revelados.

Leia também:
Outra amazonense é presa no Aeroporto do Recife com droga
Homem suspeito de matar filha e neto já havia assassinado a esposa
PE: Homens foram obrigados a cavar covas antes de serem mortos; suspeito é preso


Segundo informações da PRF, o carro está registrado no nome de outra pessoa e não possui registro de roubo. Ainda, informou também que o condutor é do Recife e não costuma realizar esse tipo de trabalho, mas foi motivado a fazer a atividade ilegal por dificuldades financeiras.

Conteúdo apreendido pela Polícia Rodoviária Federal.

Conteúdo apreendido pela Polícia Rodoviária Federal. - Foto: Divulgação/ PRF

O homem foi detido e encaminhado junto com a droga à Delegacia de Polícia Federal, no Cais do Apolo, área central do Recife. Ele é suspeito de estelionato em outra ação e deverá responder pelo crime de tráfico internacional de drogas, com pena de cinco a 15 anos de reclusão, e multa.

 

Veja também

São João Solidário leva alimentos do MST para comunidades carentes
Campanha

São João Solidário leva alimentos do MST para comunidades carentes

Estudante morre após ser agredido com soco por colega e ficar desacordado em escola de Jaboatão
Curado

Estudante morre após ser agredido com soco por colega e ficar desacordado em escola de Jaboatão