Carro-forte é roubado em Ipojuca e assaltantes levam R$ 400 mil

Veículo estava abastecendo os caixas de bancos em uma filial do supermercado Todo Dia, localizada em Ipojuca

Assalto no supermercado Todo Dia teve dois refénsAssalto no supermercado Todo Dia teve dois reféns - Foto: Reprodução/ Todo Dia

Um carro forte da empresa Brinks foi assaltado, na manhã desta segunda-feira (5), por volta das 11h30. Os ladrões levaram aproximadamente R$ 400 mil em dinheiro. De acordo com o 18º Batalhão da Polícia Militar (18ºBPM), que atende à área, o veículo estava recolhendo e abastecendo os caixas eletrônicos instalados no supermercado Todo Dia localizado na PE-60, em Ipojuca, no Grande Recife. Durante a ação, dois veículos interceptaram os seguranças e oito indivíduos armados com espingardas levaram os malotes, que estavam dentro veículo.

Além dos malotes de dinheiro, os assaltantes levaram duas espingardas calibre 12, três revólveres calibre 38 e um colete balístico, todos pertencentes à empresa de valores. Dois seguranças foram sequestrados e feitos reféns e, na sequência, abandonados nas imediações do Engenho Algodoais, próximo à linha férrea de Ipojuca. No lugar, os ladrões deixaram um dos veículos usados na ação: um carro modelo Doblò de placa clonada. A polícia segue realizando buscas na região, mas até o momento ninguém foi preso.

Leia também:
Integrantes de grupo especializado em 'saidinha de banco' são presos
Três agências do Bradesco são alvos de criminosos no Sertão e Agreste
Suspeitos de explodir Brinks do Recife são presos

De acordo com o Sindicato dos Bancários, esta é a segunda investida do gênero em Pernambuco, neste ano de 2018. O número é quase um terço do que foi registrado em 2017. Ainda de acordo com o sindicato, no ano passado foram sete assaltos a carros fortes.

Veja também

Donald Trump vota antecipadamente na Flórida
Eleições nos EUA

Donald Trump vota antecipadamente na Flórida

Pernambuco confirma mais 724 casos e 11 mortes por Covid-19
Coronavírus

Pernambuco confirma mais 724 casos e 11 mortes por Covid-19