Carvalheira na Ladeira encerrou ao som de Elba Ramalho e Marília Mendonça

A quinta edição do evento reuniu muita gente bonita

Victor Carvalheira, Marília Mendonça e Duda DubeuxVictor Carvalheira, Marília Mendonça e Duda Dubeux - Foto: Vinícius Ramos/4COM

Olinda ferveu durante os cinco dias de Carnaval com a festa Carvalheira na Ladeira. Nesta terça-feira (13), o dia começou com Elba Ramalho. A paraibana animou o público ao som dos seus sucessos e de hits de outros cantores, como Ivete e Tim Maia, iniciando o evento com todo gás. Logo depois, a banda carioca Molejo, sucesso desde os anos 1990 subiu ao palco do Carvalheira para tocar o pagode que faltava na festa e uma mistura de outros ritmos que manteve a folia nas alturas.

 

 

Mendonça Filho e Taciana Mendonça

Mendonça Filho e Taciana Mendonça - Crédito: Vinícius Ramos/4COM

Renato Goés e Thayla Ayala - Crédito Fernando Araújo

Renato Goés e Thayla Ayala - Crédito Fernando Araújo - Crédito: Vinícius Ramos/4COM

Jorge Peixoto, Marília Mendonça e Victor Carvalheira

Jorge Peixoto, Marília Mendonça e Victor Carvalheira - Crédito: Vinícius Ramos/4COM

Gabriela Pugliesi - Crédito Fernando Araújo

Gabriela Pugliesi - Crédito Fernando Araújo - Crédito: Vinícius Ramos/4COM

 

 

Mostrando mais uma vez que o Carnaval abraça todo mundo e todos os ritmos, Marília Mendonça voltou a cantar na folia. Uma das atrações mais esperadas da noite, a cantora de sertanejo encantou o público do Carvalheira na Ladeira com suas músicas que embalam todos os corações. Mesmo chovendo, o público não desanimou em nenhum momento, acompanhou a enorme energia que a cantora externava e cantou todos os hits em coro.

 

 

Augusto e Isabela Coutinho

Augusto e Isabela Coutinho - Crédito: Vinícius Ramos/4COM

 

 

 

Marcos Roberto e Lucy Dubeux

Marcos Roberto e Lucy Dubeux - Crédito: Vinícius Ramos/4COM

Rafael Accioly e Dedeka Galvão

Rafael Accioly e Dedeka Galvão - Crédito: Vinícius Ramos/4COM

Laís Rodrigues, Kadito Rodrigues e Victor Carvalheira

Laís Rodrigues, Kadito Rodrigues e Victor Carvalheira - Crédito: Vinícius Ramos/4COM

 

 
Para encerrar, o trio do Baile de Zeh Pretim fez a pista ferver ao som de remixes de artistas pernambucanos e batidas que misturam funk com hip-hop, samba, salsa, axé, frevo e maracatu. E assim, o Carvalheira na Ladeira terminou a sua quinta edição.

Veja também

Escola de São Paulo cria programa de bolsas exclusivo para crianças negras e indígenas
Educação

Escola de São Paulo cria programa de bolsas exclusivo para crianças negras e indígenas

Hospital de Bonsucesso suspende atendimentos e passará por reforma
Rio de Janeiro

Hospital de Bonsucesso suspende atendimentos e passará por reforma