CasaRosa oferece 80 mamografias gratuitas em ação do Outubro Rosa

O atendimento acontece até as 14h30 na sede da instituição

Ação do Outubro Rosa da CasaRosaAção do Outubro Rosa da CasaRosa - Foto: Arthur Mota / Folha de Pernambuco

No mês de conscientização a prevenção do câncer de mama, a ONG CasaRosa, em parceria com laboratórios da região, está oferecendo 80 mamografias gratuitas na manhã desta segunda-feira (14), na sede da instituição, no bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife. O atendimento acontece até as 14h30.

Segundo uma das gestoras da ONG, Kadja Camelo, as mulheres atendidas já saem da Casa com encaminhamento com data e horário marcados para uma das clínicas parceiras (Lucilo Ávila, Boris Barenstein) ou para o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip).

Leia também:
Envolvimento de agentes de saúde pode acelerar diagnóstico de câncer
Confira o trânsito da manhã desta segunda-feira no Recife

“Nosso objetivo é que tenhamos um grande número de mulheres com exame de rastreamento. Normalmente, só conseguem atendimento mulheres acima dos 50 e aqui estamos atendendo mulheres a partir dos 40 anos”, afirmou Kadja.

Podem participar, mulheres de qualquer lugar de Pernambuco, portando cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), comprovante de residência e RG. “É nossa missão contribuir com a diminuição dos casos de câncer de mama, e é muito importante ter um mês dedicado a prevenção porque no Brasil o número de casos é muito grande. É preciso que essas mulheres possam ser diagnosticadas precocemente para que tinham mais chances de serem curadas”, acrescentou a gestora da ONG.

A pedagoga Camila Siqueira, de 40 anos, foi ao local em busca de um encaminhamento para realizar o exame de mamografia e levou também a mãe Helena Siqueira Ramos, 78, para realizar o procedimento. Ela contou que mora em Ouro Preto, Olinda, e que não consegue realizar o exame no bairro onde reside. 

“Eu fiquei sabendo dessa ação através de uma amiga. O mamógrafo normalmente não atende o local onde eu moro e as fichas do posto de saúde são poucas diante da demanda. Eu não tenho nenhum caso de câncer de mama na família, mas sei que preciso fazer o exame mesmo nessa idade para prevenir”, afirmou.

A aposentada Margarida Maria Silva, 62, mora em Petrolina, no Sertão de Pernambuco e veio ao Recife se tratar do câncer. Foi na Capital onde ela passou por cirurgia de retirada das mamas e está tendo um tratamento mais amplo e qualificado. Ela contou sobre a importância da prevenção no combate a doença. “Eu tive a oportunidade de vir a CasaRosa que me ajudou na estadia e na marcação dos exames. Estou nesse espaço há mais de 15 dias e devo ficar aqui até concluir todo o tratamento. É necessário que a mulher faça o diagnóstico precoce e não desista porque a vida continua”, contou Margarida.

CasaRosa
O cadastro para encaminhamento do exame acontece na sede na ONG CasaRosa, que fica na Rua Nicarágua, 151, no bairro do Espinheiro. O atendimento acontece até as 14h30 desta segunda-feira. Após as marcações, os pacientes encaminhados devem realizar os exame até o início do mês de novembro.

A ONG CasaRosa existe há 5 anos oferecendo apoio, estadia e alimentação gratuita a pessoas do interior do Estado que estão em tratamento de câncer e já atendeu mais de 120 pessoas.

Veja também

Depois de 652 dias, Bélgica consegue formar um governo
internacional

Depois de 652 dias, Bélgica consegue formar um governo

Em um ano, pobreza na Argentina sobe e passa a atingir 18,5 milhões de pessoas
internacional

Em um ano, pobreza na Argentina sobe e passa a atingir 18,5 milhões de pessoas