Caso Carlinhos

Menino Carlinhos aparece na Argentina, e mãe organiza retorno para Pernambuco

Após dois anos sem informações do paradeiro de Carlinhos, hoje com 13 anos, Cláudia Boudoux se prepara para ir à Argentina buscar o filho

Cláudia e CarlinhosCláudia e Carlinhos - Foto: Cortesia/Arquivo Pessoal

Depois de quase dois anos, a fisioterapeuta pernambucana Cláudia Boudoux recebeu a notícia que tanto esperava: o paradeiro do filho Carlos Attias Boudoux, o Carlinhos, hoje com 13 anos, que estava desaparecido na Argentina. 

Carlinhos chegou a uma delegacia de Buenos Aires por conta própria, na última terça-feira (19), afirmando ser o garoto desaparecido, segundo relataram veículos de imprensa argentinos. Agora, a mãe, que confirmou a informação à reportagem, e familiares organizam o retorno do menino para Pernambuco.

O menino e Cláudia estão sem contato desde o ano de 2015. Na época, Carlinhos havia viajado para o país vizinho para passar o Natal com o pai, o argentino Carlos Attias, e a irmã mais velha. Desde então, ele nunca devolveu o garoto. 

A Polícia Federal foi acionada e uma batalha judicial foi iniciada. Em fevereiro de 2019, após dar entrada na Justiça argentina com um pedido de guarda, Claudia recebeu uma decisão favorável. Apesar disso, o menino seguia desaparecido desde então. 


"Foi um momento de choque. Não estava esperando tanta alegria, uma notícia tão boa. Contei para a família, estão muito felizes", disse Cláudia à Folha de Pernambuco sobre o recebimento da notícia.

"Queria já ter ido [à Argentina], mas o Judiciário está de férias. Precisamos esperar um pouco para que o juiz possa assinar para que eu saia do país com meu filho", acrescentou a mãe.

Carlinhos passou dois dias em um lar provisório e foi encaminhado em seguida a um orfanato, onde permanece sob custódia do Conselho dos Direitos de Meninas, Meninos e Adolescentes de Buenos Aires, órgão local equivalente ao Conselho Tutelar. Agora, o garoto aguarda a chegada da mãe e familiares em um abrigo na capital argentina. 
 

Menino Carlinhos apareceu em delegaciaMenino Carlinhos apareceu em delegacia de Buenos Aires (Foto: Divulgação/Polícia da Cidade de Buenos Aires)


"Ele está num orfanato e isso me coloca muito debilitada. Nenhuma criança deveria estar aí, ele não é uma criança abandonada, ele tem uma mãe que procura há anos por ele. Agradeço muito a Deus, a minha família e meus amigos, que estão me apoiando", continuou Cláudia.

Em redes sociais, foi iniciada uma campanha virtual de arrecadação de fundos para a viagem à Argentina. Uma conta bancária foi disponibilizada para transferências de qualquer valor.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Claudia Boudoux (@claudiaboudouxpessoal)


Em janeiro de 2020, o pai de Carlinhos foi preso por obstrução de Justiça e sequestro. Uma idosa de 80 anos tida como uma das cuidadoras temporárias de Carlinhos e um sobrinho dela também foram presos. 

A mulher recebia mensalmente cerca de 7 mil pesos argentinos do pai por mês para cuidar do menino, segundo relatou à época à Folha de Pernambuco o advogado de Cláudia, Pedro Henrique Reynaldo, que presta apoio à família.

Agora, conta o advogado, Cláudia tenta um visto especial de causa humanitária para poder entrar na Argentina, uma vez que, por causa da pandemia de Covid-19, as fronteiras do país estão fechadas para estrangeiros.

“O visto deve sair esta semana e ela se programa para tentar viajar dia 31 [de janeiro]”, contou. Cláudia deve embarcar para Buenos Aires com a filha. "Fizeram uma campanha para arrecadar recursos para financiar. É bom que ela leve a filha para o Carlinhos se sentir mais acolhido", acrescentou Pedro Henrique Reynaldo.

O advogado acrescenta que a Defensoria e o Consulado em Buenos Aires disseram que a condição de saúde física do menino é boa, mas informações sobre por onde Carlinhos passou os últimos dois anos ainda não são oficiais.

"A preocupação maior é que ele passou um bom período afastado dos estudos. Será um novo desafio de readaptação já que ele saiu daqui com uns 7/8 anos. Será feito um acompanhamento psicológico com ele", continuou o advogado.

O Conselho dos Direitos de Meninas, Meninos e Adolescentes de Buenos Aires informou, na última terça-feira (19), o fim das buscas por Carlinhos através de uma publicação nas redes sociais. 

"Queremos informar que foram finalizadas as buscas pelo adolescente Carlos Attias Boudoux. Agradecemos a todos que se preocuparam e colaboraram para encontrá-lo", informou o órgão em publicação no Facebook.
 

Queremos informar que finalizó la búsqueda del adolescente Carlos Attias Boudoux. ¡Muchas gracias a todos los que se preocuparon y colaboraron para encontrarlo!

Publicado por Consejo de los Derechos de Niñas, Niños y Adolescentes - GCBA em Terça-feira, 19 de janeiro de 2021


De acordo com informações do portal argentino Todo Noticias, Carlinhos foi achado na manhã de terça-feira (19), em "aparente bom estado de saúde". Ele entrou numa delegacia de polícia e afirmou estar perdido aos policiais.

A última vez que Carlinhos havia sido visto foi saindo da casa do pai, no bairro de Coghlan, em Buenos Aires. Ele, segundo o Todo Noticias, havia subido em uma caminhonete branca, conforme mostram imagens de uma câmera de segurança instalada próxima à residência.

Após chegar à delegacia, Carlinhos foi avaliado por um médico legista, por ordem do Juizado Nacional. Agora, as autoridades argentinas buscam determinar a participação do pai no desaparecimento de Carlinhos e o contexto da aparição do garoto na delegacia.

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos emitiu nota oficial à imprensa na tarde desta segunda-feira (25). Confira na íntegra:

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) informa que desde o sumiço do menino Carlinhos vem acompanhando os desdobramentos do caso. No momento, o secretário Pedro Eurico estuda junto às áreas técnicas competentes a possibilidade de custear o retorno do adolescente ao Recife e vem tratando da situação diretamente com a mãe Claudia Boudoux.

Veja também

EUA suspende ensaio de tratamento com plasma para pacientes com a Covid-19
Pandemia

EUA suspende ensaio de tratamento com plasma para pacientes com a Covid-19

Pernambuco inaugura 23 novos leitos de UTI para infectados
COVID-19

Pernambuco inaugura 23 novos leitos de UTI para infectados