Rio de Janeiro

Caso Jeff Machado: polícia vai ouvir dono de hostel onde Bruno Rodrigues ficou escondido

Investigadores querem entender detalhes do período em que Bruno esteve foragido, essenciais para a finalização do inquérito

Polícia prende Bruno de Souza Rodrigues, suspeito de matar ator Jeff Machado, no Morro do Vidigal Polícia prende Bruno de Souza Rodrigues, suspeito de matar ator Jeff Machado, no Morro do Vidigal  - Foto: Reprodução/TV Globo

A Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) vai ouvir nos próximos dias o dono do hostel Laje do Neguinho, localizada na comunidade do Vidigal, José Silva. Segundo a delegada responsável pelo caso, o depoimento do empresário será essencial para entender detalhes de como o produtor Bruno Rodrigues ficou hospedado no lugar.

Ao Globo, José Silva afirmou que Bruno alugou uma suíte no hostel por R$1.200, no segundo andar do prédio. Além disso, o produtor teria pago mais R$ 100 para ficar com a chave do imóvel, podendo assim sair e entrar livremente.

Ainda de acordo com o dono do estabelecimento, o suspeito não teria apresentado documentos ao chegar no local, alegando ter pedido os documentos, justificando ainda que faria um boletim de ocorrência. Bruno entrou na comunidade de mototáxi e pagou 10% de comissão ao piloto que o levou até o hostel.

"Chegou aqui, pagou e pronto. Ele entrou no mesmo dia. Aqui não tem muita burocracia não. A pessoa chega aqui, paga, entra e não quero saber quem é a pessoa. Não vou ficar pedindo referências. Ele disse que perdeu o documento. Não está tendo eventos aqui. Ele disse que era produtor e que fazia eventos grandes e se ofereceu para trabalhar aqui comigo" afirmou o dono do hostel.

Bruno teria chegado sozinho e, segundo José Silva, ele não recebia visitas. O proprietário conformou que no local há câmeras de segurança, no entanto, elas não funcionam. Ele afirmou ainda que não usava roupas de marcas ou pertences de valor. Apenas uma mochila e mala simples.

A delegada responsável pelo caso, Elen Souto disse que o inquérito que apura a morte do ator Jeff Machado deve ser concluído nos próximos dias. Bruno foi preso nesta quinta-feira por agentes da UPP do Vidigal. Ele está sob custódia aguardando parecer judicial. O produtor será transferido para o presídio de Benfica, na Zona Norte do Rio, onde passará por exame de corpo e delito e ficará à disposição da justiça.

Veja também

'Espetáculo de dança': baleias encantam turistas e moradores no Rio de Janeiro
NATUREZA

'Espetáculo de dança': baleias encantam turistas e moradores no Rio de Janeiro

Chuvas: RMR e Zona da Mata devem receber chuvas com intensidade moderada até o domingo  (23)
Chuva

Chuvas: RMR e Zona da Mata devem receber chuvas com intensidade moderada até o domingo (23)

Newsletter