CBF e jogadores vão doar R$ 5 milhões para famílias em situação vulnerável

Segundo a instituição, com o valor arrecadado será possível, no próximos dois meses, atender 32 mil famílias

Desinfecção em comunidade do Rio de JaneiroDesinfecção em comunidade do Rio de Janeiro - Foto: Mauro Pimentel / AFP

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol), em uma ação conjunta com os jogadores da última convocação e com membros da comissão técnica, arrecadou R$ 5 milhões para ajudar famílias que estão em situação de vulnerabilidade.

Os atletas e a comissão técnica doaram inicialmente um valor de R$ 2,5 milhões para o chamado Movimento Seleção Solidária -a CBF havia se comprometido a dobrar o valor. Segundo a instituição, com o valor arrecadado será possível, no próximos dois meses, atender 32 mil famílias.

Leia também:
Atletas se viram para não ficar "zerados" na quarentena
Clubes e CBF definem empresas por contrato internacional de R$ 209 mi do Brasileiro

As doações chegarão às famílias por meio das entidades Ação da Cidadania, Central Única das Favelas (CUFA) e Transforma Brasil. Ainda de acordo com a CBF, essa será a primeira fase do movimento. A segunda consiste em "convocar outros atletas e os torcedores em geral e, assim, conquistar novas adesões para este desafio do bem".

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Kombi pega fogo em posto de gasolina na PE-15, em Olinda
Susto

Kombi pega fogo em posto de gasolina na PE-15, em Olinda

Anvisa cancela testes clínicos no Brasil da vacina Covaxin contra a Covid-19
IMUNIZANTE

Anvisa cancela testes clínicos no Brasil da vacina Covaxin contra a Covid-19