Cemit vai aguardar laudo do IML para dar parecer sobre morte em Olinda

Um banhista foi encontrado morto com mordidas características do animal na praia de Rio Doce, em Olinda

Homem foi encontrado morto com marcas características de ataque de tubarão em OlindaHomem foi encontrado morto com marcas características de ataque de tubarão em Olinda - Foto: Leo Motta/Folha de Pernambuco

O Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit) vai aguardar o laudo do Instituto de Medicina Legal (IML) para dar um parecer sobre o banhista encontrado morto com marcas de mordida de tubarão, nesta sexta-feira (28), no bairro de Rio Doce, em Olinda.

De acordo com o presidente do Cemit, Leonilson Bastos, equipes do Comitê que monitora incidentes com tubarões estão na praia onde o banhista foi encontrado e também no IML para coletar informações que possam ajudar na conclusão do parecer. O laudo do IML deve levar entre 15 e 30 dias para ser concluído.

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 6h20 para retirar o corpo da água. A vítima, um homem com aproximadamente 35 anos, não foi identificada.

Leia mais
Banhista é encontrado morto com sinais de mordida de tubarão em Olinda

Veja também

Enem 2020: Inep divulga orientações para os participantes
Educa Mais

Tudo o que você precisa saber sobre o Enem 2020

Juíza federal dá 24h para União e AM apresentarem plano para oxigênio
Amazonas

Juíza federal dá 24h para União e AM apresentarem plano para oxigênio