Fogo Cruzado

Cenário de 2º turno em 4 cidades de Pernambuco

Recife, Jaboatão, Olinda e Caruaru deverão eleger os seus prefeitos no segundo turno da eleição municipal

Flávio Venturini, 14 Bis e Sá & Guarabyra juntos no RecifeFlávio Venturini, 14 Bis e Sá & Guarabyra juntos no Recife - Foto: Divulgação

Pelas pesquisas mais recentes, deve haver 2º turno nas eleições para prefeito em 4 municípios pernambucanos: Recife, Jaboatão, Olinda e Caruaru. São exatamente os únicos com mais de 200 mil eleitores. Petrolina e Paulista se aproximam desse patamar, mas só deverão alcançá-lo em 2020. No Recife, deverão se enfrentar no 2º turno Geraldo Júlio e João Paulo, a menos que ocorra um “tsunami” e o candidato do PSDB, Daniel Coelho, ultrapasse o petista nesta última semana de campanha. Em Jaboatão, o 2º turno deverá ser disputado por dois desses três candidatos, que estão empatados tecnicamente: Anderson Ferreira, Manoel Neco e Cleiton Collins. Em Olinda, o 1º finalista será Luciana Santos, mas o 2º ainda está indefinido. Tanto pode ser Izabel Urquisa, como Antonio Campos, Lupércio ou Ricardo Costa. E em Caruaru o candidato Tony Gel deverá enfrentar um desses três: Erick Lessa, Raquel Lyra ou Jorge Gomes.

Debandada em bloco
Pelo menos 10 vereadores de Jaboatão se articulam para declarar apoio, em bloco, ao candidato do PDT, Manoel Zeco, a maior “zebra” dessas eleições no segundo maior colégio eleitoral de Pernambuco. Neco, vereador de 8 mandatos e ex-deputado estadual, é a humildade em pessoa e esse perfil agrada bastante a uma parcela expressiva do eleitorado, que se identifica muito com o jeito simples dele.

Interrupção > Até duas semanas atrás, era visível o crescimento de Geraldo Júlio (PSB) nas pesquisas de opinião, mas essa ascensão foi interrompida e não se sabe bem por quê. Chegou-se a cogitar, inclusive, de sua vitória num eventual 1º turno, porém essa possibilidade está praticamente descartada.

Tática > Por questão de tática política ou coisa que o valha, a candidata Luciana Santos (PCdoB) faz campanha em Olinda sem tocar no nome do atual prefeito e colega de partido Renildo Calheiros.

Estaleiro > Por conta de uma queda que sofreu em Surubim na semana passada, a candidata a prefeito Ana Célia Farias (PSB) está internada no Recife e tocando a campanha por meio de vídeos.

Vereança > São Paulo, com 8,5 milhões de eleitores, tem 1.314 candidatos a vereador ao passo que o Recife, com 1, 1 milhão, tem 932, número proporcionalmente superior ao da capital paulista.

Programa > O sociólogo José Arlindo Soares foi requisitado por muitos candidatos a prefeito do PMDB para elaborar seus planos de governo. Ele fez o da Madalena Brito (PSB), atual prefeita de Arcoverde e candidata à reeleição, bem como o de Ricardo Costa (PMDB), que luta em Olinda para chegar ao 2º turno.

Política > O juiz Sérgio Moro dá argumentos ao PT para acusá-lo de “politização” da Lava Jato por ter decretado a prisão de dois ex-ministros da Fazenda de governos petistas (Guido Mantega e Antonio Palocci) às vésperas das eleições municipais. O bom senso recomendaria que isso fosse feito após as eleições.

Promessas > Mais duas promessas do candidato Geraldo Júlio (PSB) que serão cobradas pelo povo do Recife: a construção do Hospital do Idoso (ele prometeu e fez o Hospital da Mulher) e o programa “Do Recife para o mundo” destinado a levar alunos de escolas públicas para fazer intercâmbio no exterior. A terceira promessa é garantir “passe livre” no sistema de transporte coletivo da capital para os alunos matriculados no Prouni Recife.

Veja também

Mais de 2.300 idosos de abrigos são beneficiados com recursos para alimentação e higiene
PERNAMBUCO

Mais de 2.300 idosos de abrigos são beneficiados com recursos para alimentação e higiene

Em carta, técnicos do Inpe denunciam estrutura paralela de gestão e citam riscos
INPE

Em carta, técnicos do Inpe denunciam estrutura paralela de gestão e citam riscos