Cerca de 40 casas correm risco de desabar, diz prefeito de Ribeirão

Município decretou estado de emergência. 910 famílias estão desalojadas e 40 desabrigadas

RibeirãoRibeirão - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Quarenta casas do município de Ribeirão, na Mata Sul do Estado, correm risco de desabamento. De acordo com o prefeito Marcelo Maranhão, o distrito de Aripibú está isolado devido à destruição da cabeceira da ponte que dá acesso ao local. Sete abrigos estão prestando assistência aos moradores, além de equipes do Corpo de Bombeiros, Secretaria de Saúde e Ação Social.

“Até o momento, não foram sinalizados recursos financeiros para auxiliar na recuperação da cidade. Já enviamos o pedido para o Governo do Estado”, disse o prefeito. O presidente Michel Temer esteve no Recife na noite de domingo (28) e prometeu liberar um empréstimo para o estado de R$ 600 mil, do BNDES.

Segundo a prefeitura, em torno de 40 famílias estão desabrigadas e 910 estão desalojadas; foram 313 casas atingidas por deslizamento de barreiras, 40 parcialmente destruídas e 590 atingidas por alagamentos. Até às 16h do domingo (28), foram registrados 295 milímetros (mm). Os bairros de Vila Rica, Ferroviária e os distritos de Aripibú e Caxangá foram os mais atingidos no município.

“Em decorrência dessa forte precipitação foram constatados danos em diversos prédios públicos, vias públicas, cabeceiras de pontes, estradas vicinais, galerias de águas pluviais, sistema de drenagem e danos sociais", divulgou a prefeitura em comunicado.

Chuvas em PE

O governador Paulo Câmara pediu apoio ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, que imediatamente mobilizou as três forças no estado: Exército, Marinha e Aeronáutica. Já estão destinando os equipamentos e pessoal em articulação com o governo estadual.

Veja também

Acusação contra Trump será enviada ao Senado na segunda-feira, diz líder democrata
IMPEACHMENT

Acusação contra Trump será enviada ao Senado na segunda-feira, diz líder democrata

Biden planeja turbinar auxílio emergencial para enfrentar crise de fome agravada pela Covid-19
EUA

Biden planeja turbinar auxílio emergencial para enfrentar crise de fome agravada pela Covid-19