Céu parcialmente nublado e chuva fraca marcam o início da primavera

Às 4h50, começa a estação da primavera. No Grande Recife, a temperatura máxima é de 30°C com mínima de 21° C

Recife, dia de solRecife, dia de sol - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

A partir das 4h50 desta segunda-feira (23) entramos em uma nova estação do ano: a primavera. A previsão do tempo no Grande Recife, que abre essa nova temporada, é de céu parcialmente nublado com chuva fraca pela manhã e à noite. A temperatura máxima é de 30°C com mínima de 21° C.

As regiões da Zona da Mata Norte e Sul, coincidentemente, recebem a mesma previsão e temperatura máxima que o Grande Recife, indicada pela Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac).

Já o Sertão de São Francisco não recebe chuva ao longo do dia, mesmo com céu parcialmente nublado. Bom início de semana!

Confira a previsão completa:

Região Metropolitana
Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada na manhã e à noite com intensidade fraca.
Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 30º Mínima: 21º

Mata Norte
Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada na manhã e à noite com intensidade fraca.
Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 30º Mínima: 20º

Mata Sul
Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada na manhã e à noite com intensidade fraca.
Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 30º Mínima: 19º

Agreste
Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada na manhã e à noite com intensidade fraca.
Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 29º Mínima: 17º

Sertão de Pernambuco
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.
Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 37º Mínima: 17º

Sertão de São Francisco
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.
Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 36º Mínima: 21º

Veja também

Rompida com Bolsonaro, índia levada por ele à ONU em 2019 diz que não viu discurso
notícias

Rompida com Bolsonaro, índia levada por ele à ONU em 2019 diz que não viu discurso

Ricardo Galvão diz que Mourão embaralha ações militares e civis quanto a monitoramento na Amazônia
meio ambiente

Ricardo Galvão diz que Mourão embaralha ações militares e civis quanto a monitoramento na Amazônia