Grande Recife

Ataque mata cinco e fere 12 em Ipojuca; criança e adolescentes estão entre as vítimas

O crime, segundo a polícia, foi cometido por criminosos que estavam em divididos em dois carros e realizaram disparos na PE-60 e em Rurópolis

Ambulância do SamuAmbulância do Samu - Foto: Divulgação

Ataque a tiros ocorrido no fim da noite deste domingo (9) matou cinco pessoas e feriu outras 12 em Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Os tiros foram disparados nos bairros de Rurópolis e na rodovia PE-60. De acordo com informações da Polícia Civil de Pernambuco, trata-se de uma única ação. O crime, segundo a polícia, foi cometido por criminosos que estavam em divididos em dois carros. Os mortos são três pessoas do sexo masculino e duas do feminino - uma delas, uma adolescente de 17 anos que morreu no local. Entre os feridos, há um menino e um adolescente.


Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), nove feridos foram atendidos pelas equipes da emergência, que foi acionada por volta das 23h40. De acordo com o Samu, o menino atingido pelos disparos tem 12 anos e está no Hospital da Restauração (HR) e o adolescente, 17. 

Alguns pacientes foram removidos a unidades locais de saúde, como a UPA de Ipojuca e o Hospital Dom Helder Câmara e para hospitais da região metropolitana, como o Hospital da Restauração, no Recife. Um dos feridos está em estado grave. 

Em entrevista concedida à TV Jornal, o delegado Joaquim Braga afirmou que as vítimas estavam em um espetinho localizado em uma praça e que, possivelmente, os criminosos não tinham um alvo específico. "Chegaram em dois carros, um Ford Ka branco e um Citröen cinza, desceram e disseram, 'Ninguém corre'. Depois, atiraram para todos os lados", afirmou o delegado. "Eles [os criminosos] não chegaram lá declarando que iam fazer justiça no nome de ninguém, apenas começaram a atirar aleatoriamente".

Depois dos crimes em Rurópolis, os autores dos disparos saíram do local e pararam perto da lombada eletrônica localizada nas proximidades da entrada da cidade, na rodovia PE-60. Segundo a polícia, os criminosos subiram em um primeiro andar e executaram dois homens.

Após os crimes, o delegado disse que houve uma perseguição policial, na qual os criminosos conseguiram fugir pela PE-42, que liga Ipojuca ao município de Escada, na Zona da Mata Sul. Braga também confirmou que há câmeras de segurança que podem colaborar com a identificação dos atiradores e que, nos locais dos crimes, foram encontradas cápsulas de munições de diversos calibres.



 

Veja também

Primeiro paciente curado de HIV morre após reincidência de câncer
HIV

Primeiro paciente curado de HIV morre após reincidência de câncer

Ministros da Agricultura e Meio Ambiente confirmam ida ao Pantanal
queimadas

Ministros da Agricultura e Meio Ambiente confirmam ida ao Pantanal