A-A+

Diplomacia

Chanceleres latino-americanos se reúnem em Roma antes do G20

O objetivo é que a Itália receba contribuições de seus aliados da América Latina e do Caribe para a cúpula de Roma com os líderes das maiores economias

Reunião do G20Reunião do G20 - Foto: Alan Santos/PR/Agência Brasil

Chanceleres e representantes de 29 países latino-americanos e caribenhos se reúnem nesta segunda (25) e terça-feira (26) em Roma, a convite da Itália, para discutir pandemia, mudança climática e reativação econômica, às vésperas da importante cúpula do G20 na capital italiana. 

"O objetivo é que a Itália receba contribuições de seus aliados da América Latina e do Caribe para a cúpula de Roma com os líderes das maiores economias, o G20, que acontecerá no final de outubro", explicaram fontes do ministério italiano das Relações Exteriores.

Trata-se, sobretudo, de definir saídas e prioridades para a região pouco antes da cúpula em Roma dos líderes das maiores economias do mundo, marcada para 30 e 31 de outubro, e da qual participam representantes da Argentina, Brasil e México.

Durante a cúpula, sob a presidência rotativa da Itália, os líderes vão começar a desenhar uma saída para a crise sanitária, social e econômica que o mundo atravessa com a pandemia de Covid-19, além do desafio de mitigar a mudança climática, outra questão crucial em vista da conferência COP26 de Glasgow, que pretende adotar ações históricas sobre o clima.

São as mesmas questões e desafios enfrentados por toda a América Latina, explicou em comunicado o Instituto Ítalo-Latino-Americano (IILA), entre os organizadores do encontro.

Os líderes latino-americanos se reunirão nos saguões do Hotel Hilton. Todos os participantes deverão apresentar teste negativo para a Covid-19.

O medo de futuras pandemias, a necessidade de uma recuperação econômica inclusiva e políticas comuns para conter os efeitos da mudança climática são algumas das questões que serão abordadas.

Os chanceleres latino-americanos, convidados por ocasião da X Conferência Itália-América Latina, que também conta com a presença de técnicos, especialistas e representantes de instituições, homenagearão nesta segunda-feira os famosos juízes italianos assassinados há 30 anos pela máfia Giovanni Falcone e Paolo Borsellino, pela contribuição judicial no combate ao crime organizado.

O "Programa Falcone - Borsellino" para a América Latina, financiado pela Itália, "constitui o ponto mais avançado da diplomacia jurídica italiana", sublinhou IILA.

"A diplomacia jurídica é uma realidade muito consolidada. Nossos magistrados e funcionários nada mais fazem do que renovar constantemente uma experiência inaugurada por Giovanni Falcone por meio de suas missões e conferências sobre a cultura da legalidade e a luta contra as máfias transnacionais", comentou a vice-chanceler italiana Marina Sereni.

O evento contará com a presença das ministras italianas do Interior, Luciana Lamorgese, e da Justiça, Marta Cartabia, além de ministros e autoridades judiciais da América Latina, além do procurador nacional antimáfia da Itália e representantes da sociedade civil.

Na terça-feira, o dia será dividido em painéis temáticos, com a presença do chanceler italiano, Luigi Di Maio, além de numerosos chanceleres e representantes de países da América Latina e do Caribe. 

Serão abordados três temas centrais, os chamados três "P" (pessoas, planeta e prosperidade), ao final dos quais será apresentada uma declaração final. 

Itália, toda a América Latina e vários países caribenhos representados vão questionar em Roma o modelo de desenvolvimento pós-covid, levando em consideração a necessidade de uma energia limpa e que todos os cidadãos tenham acesso ao sistema digital.

Veja também

Com carreata e missa, fiéis acompanham início da Festa de Nossa Senhora da Conceição do Morro
Celebração

Com carreata e missa, fiéis acompanham início da Festa de Nossa Senhora da Conceição do Morro

Sociedade Brasileira de Dermatologia investiga surto de lesão misteriosa na pele em Pernambuco
Surto

Sociedade Brasileira de Dermatologia investiga surto de lesão misteriosa na pele em Pernambuco