Risco

Chile eleva para laranja alerta por aumento de atividade do vulcão Villarica

O alerta laranja contempla um reforço do monitoramento do comportamento do vulcão e medidas para garantir a segurança

Vulcão VillarricaVulcão Villarrica - Foto: Tulio Guajardo / Pixabay

As autoridades chilenas aumentaram, neste domingo (24), o nível de alerta para o vulcão Villarrica, considerado o de maior risco do país e situado em uma região turística, após um aumento de atividade.

O Serviço Nacional de Geologia e Mineração (Sernageomin) "notificou a mudança do alerta técnico do vulcão Villarrica, passando de amarelo a laranja", disse em comunicado o Sistema de Prevenção e Resposta a Desastres (Sinapred), após reunião de suas autoridades.

Segundo o Sernageomin, a informação captada pelas estações de monitoramento "mostra uma atividade anormal do maciço, que justifica a mudança".

O alerta laranja contempla um reforço do monitoramento do comportamento do vulcão e medidas para garantir a segurança das localidades próximas.

Com 2.847 metros de altitude, o vulcão Villarrica está situado em uma área turística no sul do país, entre as regiões de La Araucanía e Los Ríos.

O maciço é um dos vulcões mais ativos da América do Sul e sua última erupção ocorreu em março de 2015. A seus pés há bosques exuberantes, lagos e localidades turísticas, entre as quais se destaca Pucón, um balneário de 28.523 habitantes a cerca de 15 km da montanha.

Veja também

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco
Rio de Janeiro

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe
dengue

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

Newsletter