China não permite reinício de competições por temor a nova onda de coronavírus

Super League Chinesa de futebol iria retomar suas atividades em 22 de fevereiro, mas segue suspensa, assim como a liga de basquete

Ex-Seleção Brasileira, Oscar atua no Campeonato ChinêsEx-Seleção Brasileira, Oscar atua no Campeonato Chinês - Foto: AFP

O governo chinês descartou nesta terça-feira (31) o reinicio imediato das principais competições esportivas, como as ligas de futebol e basquete, em um momento em que o país teme uma segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus. Nos últimos dias, a imprensa chinesa especulou que alguns campeonatos poderiam ser retomados nas próximas semanas, depois que o número de infectados pela doença caiu drasticamente.

Leia também:
China encontra dificuldades para retomar futebol após o coronavírus
Uefa convoca reunião para debater novo calendário do futebol europeu


Mas a China, onde surgiu o Covid-19 em dezembro antes da doença se espalhar pelo mundo, enfrenta agora uma nova ameaça, uma segunda onda de contaminação provocada pela chegada de estrangeiros no país.

A Administração Geral do Esporte (GAS)descartou uma volta iminente à normalidade. "Para uma melhor prevenção e controle da epidemia, não devem ser retomados grandes eventos esportivos como as maratonas, que atraem grandes multidões", declarou o órgão em mensagem amplamente divulgadas pelos veículos de comunicação.

O GAS não definiu data para o reinicio das competições.

A Super League Chinesa de futebol iria retomar suas atividades em 22 de fevereiro, mas segue suspensa, assim como a liga de basquete.

Veja também

Internado com Covid-19, idoso reencontra cachorrinha de estimação em despedida emocionante
Folha Pet

Internado com Covid-19, idoso reencontra cadela de estimação em despedida emocionante

Defensoria e MPPE recomendam ampliação de canais de agendamento para vacinação de idosos no Recife
RECIFE

Defensoria e MPPE recomendam ampliação de canais de agendamento para vacinação de idosos