PERNAMBUCO

Chuvas: Prefeitura do Recife reduz estágio de alerta para atenção; entenda os níveis

Há previsão de chuvas moderadas e pontualmente fortes na capital ao longo desta quinta-feira

Rua Imperial, no bairro de São José, com trânsito parado devido ao alagamento na viaRua Imperial, no bairro de São José, com trânsito parado devido ao alagamento na via - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Por causa das chuvas, que devem continuar esta quinta-feira (15), o Recife entrou em estágio de atenção às 4h18, segundo informou a prefeitura da capital pernambucana. A atualização é uma redução em relação ao estágio de alerta, em vigor desde as 12h25 de quarta-feira (14).

De acordo com a gestão municipal, há a possibilidade de chuvas de "intensidade moderada e pontualmente forte". "Dependendo de onde você esteja, sua rotina pode ser impactada. Nossas equipes seguem trabalhando para reverter a situação", informou a prefeitura.

Para o período da manhã desta quinta-feira (15), é esperado que algumas áreas de instabilidade atinjam a cidade provocando as chuvas fracas e pontualmente moderadas em algumas regiões.

À tarde ainda é esperado que o tempo permaneça instável, com possibilidade de ocorrer pancadas de chuvas, mas a tendência é que os volumes diminuam gradualmente no decorrer da tarde. 

Entre a noite madrugada de sexta-feira (16), a tendência é que a atmosfera permaneça instável, e devido a isso ainda é previsto chuva de intensidade fraca e pontualmente moderada neste período. Essa previsão se mantém para as primeiras horas da manhã de sexta-feira). Os ventos permanecerão com intensidade variando de fracos a moderados. A temperatura deve ficar entre 24ºC e 28ºC. 

Além disso, estão disponíveis abrigos para acolher famílias e moradores que precisam deixar suas casas por conta das chuvas. A lista completa dos endereços, que inclui pontos como Conselho de Cidadania Josué Pinto e Adjacências e a Creche Municipal Vila dos Milagres, está disponível neste link.

Em 24 horas contadas até 6h desta quinta-feira, foram registradas chuvas que chegaram a 75,20 mm na estação pluviométrica de Areias, na Zona Oeste do Recife. Em 96 horas, o acumulado das chuvas chega a 165,41mm, equivalente a quase 50% da média histórica do mês. A Defesa Civil não recebeu chamados da população durante a madrugada.

Estágios do COP
O estágio de atenção é o intermediário na escala utilizada pelo Centro de Operações Integradas do Recife (COP), órgão criado em resposta ao desastre das chuvas de maio e junho de 2022. O centro tem como objetivo reunir todas as etapas do processo de gerenciamento de crise, com respostas imediatas especialmente em situações de emergência. 

Cinco estágios operacionais foram definidos para classificar a situação da cidade do Recife com base em critérios relevantes relacionados às condições de oceano, rios e atmosfera, à mobilidade e às ocorrências. Entenda:

Normalidade - Não há ocorrências nem probabilidade de mudança meteorológica significativa. Situação de baixo risco para a população.

Mobilização - Ainda não há ocorrências significativas, mas já existe a probabilidade de alteração da situação meteorológica com impacto na rotina da cidade. Situação de baixo a médio risco para a população.

Atenção - Já existem algumas ocorrências em pelo menos um local da cidade e alteração perceptível na rotina urbana, causada pela situação meteorológica (alagamentos ou congestionamentos). Situação de médio risco para a população.

Alerta - Há muitas ocorrências em diferentes locais da cidade, devido ao agravamento da situação meteorológica. Situação de alto risco para a população, exigindo ação imediata das equipes municipais em diversas frentes.

Alerta máximo - A grande quantidade de ocorrências na cidade, em virtude de condições meteorológicas extremas, apresentam risco máximo à população e exigem a instalação de uma força-tarefa ampla para restabelecer urgentemente a normalidade.

 

Veja também

Prevupe 2024: inscrições para o pré-vestibular da UPE estão abertas; são 10.400 vagas em 48 polos
educação

Prevupe 2024: inscrições para o pré-vestibular da UPE estão abertas; são 10.400 vagas em 48 polos

Ministério autoriza envio da Força Nacional para o Mato Grosso do Sul
segurança pública

Ministério autoriza envio da Força Nacional para o Mato Grosso do Sul

Newsletter