Cidade indiana utiliza drones para limpar as ruas

A localidade registra 343 mortos pela pandemia, das quase 2.000 vítimas fatais em todo o país, e representa 10% de todos os casos de contágio (quase 60.000)

DroneDrone - Foto: Toninho Tavares/Agência Brasil

As autoridades da cidade indiana de Ahmedabad (oeste) utilizaram drones e caminhões de bombeiros para desinfetar as ruas neste sábado, diante do aumento de casos de contágio do novo coronavírus.

A cidade, de 5,5 milhões de habitantes, é um dos principais focos de preocupação para o governo. A localidade registra 343 mortos pela pandemia, das quase 2.000 vítimas fatais em todo o país, e representa 10% de todos os casos de contágio (quase 60.000).

Ao longo do dia, os drones lançaram um produto desinfetante, enquanto pelas ruas, sem trânsito, passavam os caminhões de bombeiros que jogavam produtos de limpeza. "Todas as áreas da cidade serão desinfetadas", declarou o administrador provisório, Rajiv Gupta.

Leia também:
Índia estenderá confinamento de 1,3 bilhão de habitantes
Governador do Rio prorroga isolamento no estado até dia 31 de maio


Desde 25 de março, a Índia protagoniza o maior confinamento no planeta. Toda a população deve permanecer em suas casas.

Em Ahmedabad, as autoridades endureceram as medidas de restrição de sexta-feira, ante o aumento de casos.

Centenas de forças paramilitares patrulham as ruas para obrigar o cumprimento das ordens de restrição de movimentos. Durante a última semana praticamente todas as lojas permaneceram fechadas.

As forças de segurança usaram gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes que organizaram protestos. Ao menos 15 pessoas foram detidas.

Veja também

Fiocruz esclarece negociação de doses prontas da vacina de Oxford
Coronavírus

Fiocruz esclarece negociação de doses prontas da vacina de Oxford

Presidente da União Química diz que estudos da Sputnik V devem começar logo após aval da Anvisa
Vacina

Presidente da União Química diz que estudos da Sputnik V devem começar logo após aval da Anvisa