A-A+

Cientistas norte-americanas participam de debate na UFPE

As palestras vão abordar, entre outros assuntos, a participação das mulheres no meio científico ao traçar um paralelo entre a realidade dos EUA e do Brasil

Campus Recife da Universidade Federal de PernambucoCampus Recife da Universidade Federal de Pernambuco - Foto: Arquivo

Recife vai ser palco de encontro internacional para discutir avanços científicos na área das doenças infecciosas a partir de estudos matemáticos. As palestras vão contar com a presença da professora Shweta Bansal, do Departamento de Biologia da Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos, e da professora Lora Billings, do Departamento de Ciências Matemáticas da Universidade de Montclair, também nos EUA. O evento ocorre nesta quinta (23) e sexta-feira (24) em auditórios da UFPE e da UFRPE com tradução simultânea e é aberto ao público.

O Workshop Brasil-EUA da mulher cientista: Contribuições Científicas e Impactos Sociais vai abordar algumas contribuições científicas de impacto social feitas dentro da biomatemática nos últimos anos, destaca a pesquisadora do Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (CETENE), Giovanna Machado, que também vai participar das palestras. “Esse workshop é muito relevante, porque é o primeiro que acontece no Recife e essa interação entre cientistas brasileiras e norte-americanas vai ser muito benéfico para o ramo da biomatemática”, afirmou.

Leia também:
Minicurso da UFPE readequará vozes de homens transgêneros
UFPE realiza mostra coletiva de cartazes tipográficos experimentais
UFRPE estuda hábitos dos tubarões

As palestras também vão abordar a participação das mulheres no meio científico ao traçar um paralelo entre a realidade dos EUA e do Brasil. Segundo a pesquisadora, a questão do empoderamento no meio científico não é só discutida no Brasil e os preconceitos ainda são latentes.

“Acredito que é uma realidade mundial, principalmente na área de ciência, que é um meio muito masculino, as dificuldades que as mulheres encontram para conseguirem conquistar o seu espaço. Você sempre tem que fazer mais do que o homem para poder provar e mostrar sua capacidade. Isso não é só nos Estados Unidos, ou no Brasil, mas é algo geral.”

Veja também

Padre é preso por desviar dinheiro de fiéis para financiar orgias com drogas
ITÁLIA

Padre é preso por desviar dinheiro de fiéis para financiar orgias com drogas

Termina neste domingo (26) inscrição para isentos que não compareceram ao Enem 2020
ENEM

Termina neste domingo (26) inscrição para isentos que não compareceram ao Enem 2020