saúde

Cientistas realizam 1º transplante bem sucedido de um órgão que havia sido congelado

Experimento com rins de camundongos que permaneceram até 100 dias em congelamento abre novo caminho na área da medicina

Cientistas realizam primeiro transplante bem sucedido de um órgão que havia sido congeladoCientistas realizam primeiro transplante bem sucedido de um órgão que havia sido congelado - Foto: Divulgação / Rebecca Slater

Cientistas realizaram pela primeira vez o transplante bem sucedido de um órgão que havia sido congelado ao longo de meses, abrindo caminho para o armazenamento a longo prazo do material. O feito, de pesquisadores da Universidade de Minnesota Twin Cities, nos Estados Unidos, foi publicado na revista científica Nature Communications.

O experimento, embora inicial e realizado com camundongos, mostra o potencial de uma nova solução para um dos entraves no transplante de órgãos, o curto tempo em que eles precisam chegar até o paciente após serem retirados do doador.

Na pesquisa, os cientistas armazenam cinco rins criogenicamente congelados por até 100 dias. Em seguida, eles foram reaquecidos, tiveram fluidos e nanopartículas decorrentes do processo eliminados e foram transplantados nos animais. Em 30 dias, os indivíduos conseguiram restaurar a função renal completa sem a necessidade de outras intervenções médicas.

Veja também

H1N1: conheça melhor a doença viral que acometeu Silvio Santos
VÍRUS

H1N1: conheça melhor a doença viral que acometeu Silvio Santos

Kai Madison: quem é a Neta de 17 anos de Trump que fez aparição surpresa na Convenção Republicana
eua

Kai Madison: quem é a Neta de 17 anos de Trump que fez aparição surpresa na Convenção Republicana

Newsletter