Perigo

Cigarro eletrônico explode na boca de cantor no Distrito Federal e momento é registrado por câmera

O episódio, no entanto, aconteceu em fevereiro, mas o cantor resolveu publicar o vídeo essa semana como um alerta à população que faz o uso desse tipo de cigarro

Momento foi registrado por câmera de segurança Momento foi registrado por câmera de segurança  - Foto: Reprodução/Vídeo

Um cigarro eletrônico explodiu na boca do músico Lélio Guedes, de 45 anos, no Distrito Federal. No vídeo é possível ver o momento, que foi gravado pela câmera de segurança na casa do músico. Apesar do susto com o incidente, o cantor não teve ferimentos. 

O episódio, no entanto, aconteceu em fevereiro, mas o cantor resolveu publicar o vídeo essa semana como um alerta à população que faz o uso desse tipo de cigarro

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Folha de Pernambuco (@folhape)

Segundo um estudo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, a fumaça do cigarro eletrônico aumenta o risco de problemas oculares. Os usuários têm cerca de 34% mais chances de desenvolver problemas nos olhos do que pessoas que nunca fizeram o uso do vaper (cigarro eletrônico).
 

Proibição 
Além disso, vale salientar que a comercialização, importação e propaganda do cigarro eletrônico é proibida desde 2009. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a decisão se baseia em precaução. 

Veja também

Mãe que foi resgatada de enxurrada com as filhas agradece jovem que as tirou de carro
rio de janeiro

Mãe que foi resgatada de enxurrada com as filhas agradece jovem que as tirou de carro

Saúde pública: UPAE em Carpina agora oferece atendimentos em ginecologia e exames de endoscopia
SAÚDE

Saúde pública: UPAE em Carpina agora oferece atendimentos em ginecologia e exames de endoscopia