Cinco praias brasileiras que mais parecem o Caribe

Destinos para curtir o verão no litoral brasileiro em 2017

Ministro Ramos e Anderson Ferreira (PL) vistoriam obra da Estação CidadaniaMinistro Ramos e Anderson Ferreira (PL) vistoriam obra da Estação Cidadania - Foto: Matheus Brito

Praias de águas transparentes e areia branquinha não são privilégios do Caribe. Pouca gente sabe, mas no Brasil, várias praias gozam de cenários que em nada deixam a desejar aos estereótipos da América Central. Confira cinco destinos paradisíacos para explorar no verão 2017 do Brasil!

AREIA VERMELHA (PB)

Foto: AREIA VERMELHA (PB)
Créditos: Reprodução 

A pequena ilha batizada de Areia Vermelha, na Paraíba, é destino que reúne as características caribenhas. Dependendo da época escolhida, ela pode ser considerada um paraíso onde é possível encontrar isolamento e águas calmas. Em outros, a faixa de areia vira ponto de badalação e concentra a maior parte da frota de jet skis e de barcos do litoral paraibano. O local é um banco de areia temporário localizado a 15 minutos da Praia do Poço e que só aparece durante a maré baixa. Para os turistas que querem mais calma a dica é que façam o passeio durante a semana. 

ARRAIAL DO CABO (RJ)

Foto: ARRAIAL DO CABO (RJ)
Créditos: Divulgação

Arraial do Cabo, a 170 km do Rio, é considerado por muitos o point do mergulho no Brasil. Um dos principais lugares para a prática é a Praia do Forno, de água geladinha. Depois de cerca de 10 minutos de subida, a recompensa é poder se banhar no mar esverdeado, cercado por uma mata preservada. Outro destaque é o Pontal do Atalaia, que é dividido em duas "prainhas", separadas por rochas.

ILHA DAS COUVES (SP)

Foto: ILHA DAS COUVES (SP)
Créditos: Divulgação

Localizada em Ubatuba, está entre as últimas ilhas do litoral paulista antes da divisa com o Rio de Janeiro. Nela, há duas pequenas faixas de areia branca e fofa, que estão dividas por uma trilha de cerca de cinco minutos pela mata. Nas praias, é possível avistar o fundo do mar e nadar junto aos peixes. O percurso de barco até a ilha dura aproximadamente 15 minutos, a partir da praia de Picinguaba. 

MARAGOGI (AL)

Foto: MARAGOGI (AL)
Créditos: Divulgação

Já conhecida por muitos pernambucanos, Maragogi, nas Alagoas, fica a cerca de 130 km do Recife (PE) e a mesma distância da capital, Maceió. Seu mar tem raros tons de verde e azul, em razão dos recifes, a 6 km da costa, que protegem o litoral. A barreira também forma as belas piscinas naturais de Galés, Taocas, Barra Grande e Barreira de Peroba, para onde partem dezenas de catamarãs quase todos os dias – dependendo da maré. 

TAIPU DE FORA (BA)

Foto: TAIPU DE FORA (BA)
Créditos: Divulgação

É o principal atrativo da península de Maraú, que faz parte da chamada Costa do Dendê, região que compreende um espaço que vai da ilha de Itaparica até as principais cidades produtoras do fruto-símbolo da Bahia. Na praia de Taipu de Fora, há a formação de piscinas naturais de quase um quilômetro de largura. A água azul-turquesa reflete os coqueirais que fazem fronteira entre a areia e a mata. O ideal é visitar a região durante o período de luas cheia e nova, quando a variação das marés é maior.

Veja também

Com forte chuva, Florianópolis registra morte de mãe e filha em desabamento de muro
Santa Catarina

Com forte chuva, Florianópolis registra morte de mãe e filha em desabamento de muro

O mau exemplo do STF na pandemia: aglomeração, omissão de diagnóstico e tentativa de furar fila
Coronavírus

O mau exemplo do STF na pandemia: aglomeração, omissão de diagnóstico e tentativa de furar fila