Cláudio Amaro aguarda avaliação de recurso

Até lá, a prisão dele, assim como a de Jailson Duarte César, suspeito de ter intermediado a contratação dos assassinos e condenado a 24 anos por homicídio qualificado e dano qualificado, seguem como preventiva

Cláudio Amaro Gomes chega para julgamentoCláudio Amaro Gomes chega para julgamento - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Ainda é incerto o futuro do médico Cláudio Amaro, apontado como autor intelectual do assassinato do médico Artur Eugênio em maio de 2014, que foi condenado a 27 anos de reclusão por homicídio qualificado consumado. Isso porque os advogados recorreram da decisão, ainda em plenário. O recurso está sem prazo para ser julgado. Até lá, a prisão dele, assim como a de Jailson Duarte César, suspeito de ter intermediado a contratação dos assassinos e condenado a 24 anos por homicídio qualificado e dano qualificado, seguem como preventiva.

O cumprimento da pena condenatória só ocorre após o trânsito em julgado da sentença de 1º grau (Tribunal do Júri), que será atingido após o julgamento do recurso pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco. Por isso, Cláudio Amaro continua no Centro de Observação e Triagem em Abreu e Lima (Cotel), e Jailson César, fica no Presídio de Igarassu.

Leia também:
Cláudio Amaro condenado a 27 anos de reclusão por homicídio qualificado; veja fotos


A condenação foi divulgada pela juíza Inês Maria de Albuquerque Alves na madrugada desta quinta (13), após o terceiro dia de julgamento no Fórum de Jaboatão. O homicídio aconteceu em maio de 2014 na BR-101, em Jaboatão dos Guararapes, onde o corpo foi encontrado. A defesa de Cláudio Amaro, que ficou de cabeça baixa durante toda a leitura da sentença, falou sobre o recurso. "Acreditamos que a decisão foi manifestamente contrária às provas dos autos e que o tribunal deverá anular o julgamento e ser submetido a novo júri", disse Moacir Veloso, advogado de Cláudio.

Veja também

MEC divulga escolas que receberão apoio do Programa Brasil na Escola
Educação

MEC divulga escolas que receberão apoio do Programa Brasil na Escola

Primeiro lote com 62.250 doses da vacina da Janssen chega a Pernambuco
Coronavírus

Primeiro lote com 62.250 doses da vacina da Janssen chega a Pernambuco