Clubes decidem que jogadores só se reapresentam em maio

O futebol no Brasil está paralisado desde o mês passado por causa da doença. A política dos clubes, no momento, é ganhar tempo para que os campeonatos possam ser retomados

Flamengo e Palmeiras, os mais ricos do BrasilFlamengo e Palmeiras, os mais ricos do Brasil - Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Em teleconferência nesta terça (14), dirigentes de 37 dos 40 clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro decidiram alongar em mais dez dias o período de férias dos jogadores. Pelo plano original, os elencos se reapresentariam no próximo dia 21.
Com a decisão, o prazo foi adiado para 1º de maio.

As férias foram dadas em acordo das equipes com a CBF por causa da pandemia de coronavírus, a princípio por 20 dias. Mas sempre esteve na mesa a possibilidade de aumentá-lo para 30.

O futebol no Brasil está paralisado desde o mês passado por causa da doença.
A política dos clubes, no momento, é ganhar tempo para que os campeonatos possam ser retomados. Sem jogos, não há arrecadação de bilheterias ou direitos de televisionamento.

Leia também:
Conmebol pede à Fifa fundo global de ajuda contra crise do coronavírus
Mãe de Pep Guardiola morre vítima do coronavírus

Os três clubes que não concordaram imediatamente com o aumento das férias foram Flamengo, Botafogo e Vasco. Os três esperam pela definição da Ferj (Federação Estadual do Rio de Janeiro) sobre uma data para retomada do Campeonato Carioca.

O Flamengo já anunciou que a apresentação dos atletas está mantida para o dia 21.

Veja também

Hyundai e Petz fazem parceria para incentivar adoção responsável de animais
Folha Pet

Hyundai e Petz fazem parceria para incentivar adoção responsável de animais

MPF alertava sobre risco de incêndio na Cinemateca desde julho de 2020
SÃO PAULO

MPF alertava sobre risco de incêndio na Cinemateca desde julho de 2020