Educação

Colégio da Sagrada Família anuncia encerramento das atividades

Através de uma carta às famílias, publicada no site da instituição, a escola informou que fechará as portas no dia 31 de dezembro deste ano

Colégio da Sagrada FamíliaColégio da Sagrada Família - Foto: Reprodução/ Internet

Após mais de 100 anos auxiliando na formação de jovens pernambucanos, o Colégio da Sagrada Família anunciou o fim das atividades educativas nesta segunda-feira (26). Através de uma carta às famílias publicada no site da instituição, localizada no bairro de Casa Forte, na Zona Norte do Recife, a escola informou que fechará as portas no dia 31 de dezembro deste ano. 

Em um trecho da carta, a instituição aponta os motivos que levaram ao fechamento. “Com a chegada da Covid-19 nossa situação se agravou! [...] A pandemia afetou a situação financeira do país e sucessivamente das famílias, e isso nos coloca numa situação extremamente delicada. A redução do quadro de alunos, os descontos de 20% na mensalidade,  a inadimplência que já vinha nos acompanhando nos últimos anos, obrigam-nos a uma tomada de decisão mais radical.”

Ainda no documento, o colégio declara que "chegou ao limite", e que as condições atuais, infelizmente, não condizem com o desejo da instituição de permanecer com o pleno funcionamento e garantir o ensino adequado aos estudantes. 

A escola, fundada há 115 anos por Santa Emília de Rodat, por possuir uma estrutura antiga, passou recentemente por diversas reformas para requalificar o prédio e melhorar o acesso dos alunos. Tais reformas também contribuíram para afetar o capital financeiro da instituição que entrou em colapso com a chegada da pandemia. 

A gestora da instituição, Maria Lúcia da Silva,  afirmou estar disponível para esclarecimento de quaisquer dúvidas dos pais ou responsáveis pelos alunos através do telefone (81) 3797-6161. 

 

 

Veja também

Pernambuco registra 781 casos da Covid-19 nas últimas 24h e 25 novas mortes
Coronavírus

Pernambuco registra 781 casos da Covid-19 nas últimas 24h e 25 novas mortes

ONU condena 'racismo estrutural' no Brasil após assassinato de João Alberto
Racismo

ONU condena 'racismo estrutural' no Brasil após assassinato de João Alberto