Com 17,9 graus, Recife tem a manhã mais fria desde 2012

Segundo o meteorologista Thiago do Vale, da Apac, dois fatores contribuíram para esse recorde: o céu claro e a umidade baixa, de 57%

Marca de 17,9ºC foi registra­­do no bairro da VárzeaMarca de 17,9ºC foi registra­­do no bairro da Várzea - Foto: Ed Machado

O Recife teve a temperatura mais fria do ano registrada no início da manhã desta terça-feira (15). Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), termômetros marcaram 17,9ºC, o menor índice desde 2012. A marca foi atingida numa estação da agência na Várzea, bairro da Zona Oeste da Capital conhecido pelas regiões de mata e por condições climáticas mais amenas.

Segundo o meteorologista Thiago do Vale, da Apac, dois fatores contribuíram para esse recorde: o céu claro e a umidade baixa, de 57%. “Uma umidade normal fica entre 60% e 70% e, em dias mais chuvosos, chega a até mais que isso. O que houve hoje [terça-feira] cedo favoreceu o esfriamento”, explicou, sobre o caráter pouco comum dessas “coincidências” atmosféricas na região.

Leia também:
Onda de frio e vento no Recife vai continuar; entenda
Brasil registra maior onda de frio dos últimos quatro anos, diz Inmet


Apesar disso, os anos anteriores também vêm registrando temperaturas mínimas similares no inverno. Em 2016, o índice foi o mesmo de ontem: 17,9ºC. Em 2015, a medição foi um pouco maior, 18,6°C, igual à de 2014. Em 2013, o tempo teve mínima de 19,3°C. Há cinco anos, em 2012, houve o recorde de 17,2°C.

Nem todo mundo sentiu essa queda na temperatura. Sobre isso, o meteorologista ressalta que locais que têm maior densidade populacional tendem a ter uma temperatura maior.

“Essa medição foi feita na Várzea, às 5h. Locais mais altos, com vegetação, podem ter tido essa sensação, mas, onde há mais habitações, a temperatura é maior”, avaliou.

Veja também

Pernambuco registra 1.652 novos casos e 25 novas mortes pela Covid-19 em 24h
Covid-19

Pernambuco registra 1.652 novos casos e 25 novas mortes pela Covid-19 em 24h

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)
Coronavírus

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)