A-A+

Covid-19

Pernambuco irá às escolas para vacinar adolescentes contra Covid-19

Prefeitura de Jaboatão anunciou a busca ativa para a partir da próxima segunda-feira (25)

Em Jaboatão, a meta é vacinar mais de 25 mil adolescentesEm Jaboatão, a meta é vacinar mais de 25 mil adolescentes - Foto: Chico Bezerra/PJG

Para ampliar a cobertura vacinal contra a Covid-19 de adolescentes de 12 a 17 anos, Pernambuco fará busca ativa em escolas públicas e privadas. 

Atualmente, menos de metade desse público, composto por cerca de 1 milhão de pessoas, um percentual de 44,24%, recebeu a primeira dose do imunizante segundo dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), nessa quinta-feira (21).

A decisão foi pactuada em reunião da Comissão Intergestora Bipartite, entidade formada por gestores estaduais e municipais. No encontro, ficou decidido que a ação deve ser realizada pelos municípios, a depender do cenário de vacinção de cada uma das cidades.

"Historicamente, esse contingente é um dos mais difíceis de vacinar porque [os adolescentes] não procuram os serviços de saúde de maneira espontânea”, explicou a superintendente de Imunizações do Estado, Ana Catarina de Melo.

Apenas a vacina da Pfizer é aprovada para ser administrada nesse público, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Jaboatão quer vacinar mais de 25 mil
A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, anunciou que, a partir da próxima segunda-feira (25), alunos da rede municipal, incluídos na faixa etária de 12 a 17 anos, poderão receber a primeira dose na própria unidade de ensino onde estão matriculados. 

A expectativa é vacinar aproximadamente 25.325 estudantes matriculados.

Para que a implementação da ação, foi montada uma força-tarefa com equipes das secretarias municipais de Saúde e Educação. 

Os pais ou responsáveis pelos alunos serão comunicados pela unidade escolar sobre a data e o horário em que a vacina será aplicada e, a eles, encaminhado termo de consentimento, por se tratar de um grupo formado por pessoas menores de 18 anos. 

Além dos adolescentes, poderão ser imunizados por meio dessa iniciativa os estudantes inseridos no programa de Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

“Esse é mais um protocolo de segurança que estamos implementando para garantir que, no próximo dia 3 de novembro, quando todo o nosso alunado retomar às aulas presenciais, essa volta possa ser feita com a maior segurança possível”, pontuou o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira.

Veja também

Prévias do PSDB: na semana seguinte da suspeita de hacker, aplicativo recebe mais de 26 mil acessos
Política

Prévias do PSDB: na semana seguinte da suspeita de hacker, aplicativo recebe mais de 26 mil acessos

Talibãs do Afeganistão querem 'boas relações' com o resto do mundo
Talibã

Talibãs do Afeganistão querem 'boas relações' com o resto do mundo