Coronavírus

Com Covid-19 em alta, Nazaré da Mata suspende aulas presenciais por 45 dias

Medida decretada pela prefeitura vale para todos os níveis de ensino em todas as instituições da cidade

Cidade de Nazaré da Mata, na Mata Norte de PernambucoCidade de Nazaré da Mata, na Mata Norte de Pernambuco - Foto: Divulgação

A Prefeitura de Nazaré da Mata, na Mata Norte de Pernambuco, anunciou, neste domingo (21), a suspensão das aulas presenciais em todas as instituições de ensino da cidade por um período de, pelo menos, 45 dias, a partir desta segunda-feira (22).

A medida vale para todos os níveis de ensino - rede pública estadual, rede privada e faculdades - e foi tomada diante do aumento de casos da Covid-19 na cidade após reunião entre o prefeito Inácio Manoel do Nascimento e o procurador-geral de Nazaré da Mata, Lyndon Jonshon.

De acordo com o boletim mais recente divulgado pela prefeitura, na quinta-feira (18), Nazaré da Mata acumula 426 casos confirmados de Covid-19, com 38 óbitos. A atualização indicava um aumento "considerável", com mais oito infectados, dois recuperados e uma morte.

Nos primeiros 15 dias de fevereiro, o registro foi de 232 novos casos confirmados. 

A informação da suspensão das aulas por 45 dias foi confirmada à reportagem pelo secretário de Educação de Nazaré da Mata, Marcelo Nascimento. Ele reitera que o decreto será assinado pelo prefeito Inácio Manoel do Nascimento, nesta segunda-feira (22).

"O decreto se fez necessário tendo em vista que a Secretaria de Saúde comunciou um aumento constante de casos, tivemos várias mortes nos últimos 15 dias. As instituições podem ofertar aulas de forma não presencial", explicou.

A depender da sequência do cenário epidemiológico de Nazaré da Mata, a prefeitura não descarta prorrogar o decreto posteriormente.

"Estávamos preparando a rede de ensino municipal para a reabertura a partir de abril, mas nos próximos 45 dias vamos continuar apenas de forma não presencial", acrescentou o secretário de Educação. 

Na semana passada, Nazaré da Mata havia anunciado o aumento de restrições para igrejas e comércio, com validade de 30 dias.

Veja também

Em número recorde do ano no estado, Pernambuco registra 99 mortes por Covid-19 em 24 horas
CORONAVÍRUS

Em número recorde do ano no estado, Pernambuco registra 99 mortes por Covid-19 em 24 horas

STJ vê risco de ruptura e barra funcionamento de barragem da Vale
Barragem

STJ vê risco de ruptura e barra funcionamento de barragem da Vale