Com Forças Armadas nas ruas, número de crimes violentos cai pela metade

Em anúncio, a Operação Leão do Norte apontou a redução de 55% em crimes violentos letais na RMR entre os dias 8 e 19 de dezembro na comparação com 2015

A nova página da OGE na web possui navegação intuitiva e rápidaA nova página da OGE na web possui navegação intuitiva e rápida - Foto: Divulgação

O número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CLVI) caiu pela metade na Região Metropolitana do Recife (RMR) entre 8 e 19 de dezembro, na comparação com os dados registrados no mesmo período de 2015. É o que aponta um balanço divulgado pelas Forças Armadas nesta quarta-feira (21), com diminuição de 139 para 62 casos na RMR.

Leia mais:
Forças Armadas permanecem em Pernambuco até dia 3 de janeiro
Número de militares das Forças Armadas na RMR cai para 500


De acordo com o comunicado da Operação Leão do Norte, houve uma redução de 55% nos números registrados no período. As Forças Armadas foram empregadas, na RMR, a partir de 9 de dezembro e seguiriam até o dia 19, mas a presença militar foi estendida até 3 de janeiro de 2017 - apesar disso, a tropa de 3,5 mil homens foi reduzida para 500.

Desde o início da Operação, o Exército Brasileiro detém a coordenação e o controle operacional dos efetivos pertencentes aos Órgãos de Segurança Pública e atuam realizando operações de forma integrada.

Veja também

Mais um cidadão negro é morto pela polícia nos EUA
Racismo

Mais um cidadão negro é morto pela polícia nos EUA

Homem preso por prender cadela em moto e a arrastar por seis quilômetros recebe liberdade provisória
FOLHA PET

Homem preso por prender cadela em moto e a arrastar por seis quilômetros recebe liberdade provisória