Celebração

Com missa e corte de bolo, Olinda divulga programação em comemoração aos 487 anos da cidade

De acordo com a gestão da cidade, a partir das 8h30, haverá uma missa em Ação de Graças na Catedral Metropolitana do Santíssimo Salvador, no alto da Sé

OlindaOlinda - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Neste sábado (12), a cidade de Olinda, localizada na Região Metropolitana do Recife, celebra seus 487 anos. Para comemorar, a prefeitura do município preparou uma programação especial.

De acordo com a gestão da cidade, a partir das 8h30, haverá uma missa em Ação de Graças, na Catedral Metropolitana do Santíssimo Salvador, no Alto da Sé, com homenagens à Guarda Municipal de Olinda, a tapioqueira mais antiga da região, senhora Zeinha e ao professor e historiador George Cabral. A celebração será aberta ao público e contará com a presença do prefeito de Olinda, Professor Lupércio.

Às 9h30, o gestor da cidade segue para o Palácio dos Governadores, no bairro do Varadouro, onde recebe os homenageados e convidados para um coffee break. Orquestra de frevo e bonecos gigantes animarão o encontro. Já às 10h30, haverá um recital poético em homenagem à cidade. 

Às 11h30 está programado, na sede da administração municipal, o corte simbólico do bolo, que será limitado apenas para os presentes no local como medida de prevenção à Covid-19. As comemorações terminam às 12h30, com apresentação de orquestra de frevo.


Olinda é a mais antiga entre as cidades brasileiras declaradas Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela Unesco, e foi o segundo centro histórico do país a receber tal título, em 1982, após Ouro Preto (MG).

Conhecida por seu casario e igrejas visitados por milhares de turistas do Brasil e exterior, Olinda possui um dos carnavais mais diversos do País, com blocos que colorem ladeiras seculares. A cidade tem uma população estimada de 393.734 pessoas, segundo balanço do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2021, e um território de 41.300 km².

Veja também

Casa real britânica não divulgará relatório de "assédio" de Meghan Markle
Família real

Casa real britânica não divulgará relatório de "assédio" de Meghan Markle

YouTube tira do ar o canal da Assembleia Legislativa de SP após vídeo negacionista sobre Covid
Negacionismo

YouTube tira do ar o canal da Assembleia Legislativa de SP após vídeo negacionista sobre Covid