Notícias

Com nova tarifa do táxi, motoristas devem mudar taxímetro no Ipem

Demanda diária esperada pelo instituto é de 250 táxis por dia, totalizando seis mil veículos; nova tarifa começou a ser cobrada em 1º de janeiro

TáxiTáxi - Foto: Divulgação

O Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE) e o Inmetro começaram a realizar a mudança de tarifa dos táxis do Recife. A operação segue até o dia 17 de fevereiro. O reajuste da tarifa é de 7,87% e começou a ser aplicada em 1º de janeiro.

De acordo com o Ipem, os taxistas serão recebidos na sede do órgão, que atenderá todos os veículos até antes do início das festas carnavalescas. Para isso, o órgão trabalhará todos os dias de segunda a sexta das 7h30 às 13h30. A demanda diária esperada pelo instituto é de 250 táxis por dia, totalizando seis mil veículos.

Para realizar a verificação, os taxistas deverão portar o certificado da última verificação original, Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV), Termo de Permissão da Prefeitura atualizado, Certificado de Inspeção com cópia para os veículos que utilizam o GNV (Gás Veicular) e o comprovante de pagamento da Guia de Recolhimento da União (GRU). O instituto lembra que os profissionais devem chegar apenas 30 minutos antes da hora marcada.

Reajuste

A bandeirada do táxi comum passou de R$ 4,75 para R$ 5,12. O quilômetro na bandeira 1 passou de R$ 2,31 para R$ 2,49 e o quilômetro na bandeira 2 passou de R$ 2,79 para R$ 3,01.

Veja também

Globalização no centro das atenções em Davos
Fórum Econômico Mundial

Globalização no centro das atenções em Davos

Academia com equipamentos enferrujados e fiação elétrica exposta é interditada em Jaboatão
Região Metropolitana

Academia com equipamentos enferrujados e fiação elétrica exposta é interditada em Jaboatão