Com nova tarifa do táxi, motoristas devem mudar taxímetro no Ipem

Demanda diária esperada pelo instituto é de 250 táxis por dia, totalizando seis mil veículos; nova tarifa começou a ser cobrada em 1º de janeiro

TáxiTáxi - Foto: Divulgação

O Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE) e o Inmetro começaram a realizar a mudança de tarifa dos táxis do Recife. A operação segue até o dia 17 de fevereiro. O reajuste da tarifa é de 7,87% e começou a ser aplicada em 1º de janeiro.

De acordo com o Ipem, os taxistas serão recebidos na sede do órgão, que atenderá todos os veículos até antes do início das festas carnavalescas. Para isso, o órgão trabalhará todos os dias de segunda a sexta das 7h30 às 13h30. A demanda diária esperada pelo instituto é de 250 táxis por dia, totalizando seis mil veículos.

Para realizar a verificação, os taxistas deverão portar o certificado da última verificação original, Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV), Termo de Permissão da Prefeitura atualizado, Certificado de Inspeção com cópia para os veículos que utilizam o GNV (Gás Veicular) e o comprovante de pagamento da Guia de Recolhimento da União (GRU). O instituto lembra que os profissionais devem chegar apenas 30 minutos antes da hora marcada.

Reajuste

A bandeirada do táxi comum passou de R$ 4,75 para R$ 5,12. O quilômetro na bandeira 1 passou de R$ 2,31 para R$ 2,49 e o quilômetro na bandeira 2 passou de R$ 2,79 para R$ 3,01.

Veja também

Maior ataque suicida em Bagdá em três anos mata ao menos 32 pessoas
Terrorismo

Maior ataque suicida em Bagdá em três anos mata ao menos 32 pessoas

Anvisa se reúne com laboratório da vacina Sputinik V
Covid-19

Anvisa se reúne com laboratório da vacina Sputinik V