Com novos policiais, Governo de PE espera reforçar delegacias

Os aprovados no concurso da Polícia Civil e Científica se formaram nesta segunda (5), e devem começar a trabalhar já nas festas de Carnaval

Solenidade contou com a presença do governador Paulo Câmara, o secretário de Segurança Antônio de Pádua e chefias dos setores policiaisSolenidade contou com a presença do governador Paulo Câmara, o secretário de Segurança Antônio de Pádua e chefias dos setores policiais - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

As equipes das polícias Civil e Científica de Pernambuco ganharam nesta segunda-feira (5) o reforço de 1.214 pessoas. Com isso, o Governo do Estado espera cumprir a meta de que toda delegacia tenha um delegado, seis agentes e um escrivão. 46% desse efetivo ficarão lotados em unidades das regiões da Zona da Mata e Agreste. Há dez anos, o setor não contava com novas contratações. Essa é, segundo o governo, mais uma ação visando a reprimir a violência no Estado.

A formatura dos novos policiais aconteceu na manhã desta segunda-feira (5), no Teatro Guararapes, no Centro de Convenções de Pernambuco. Com as novas contratações, o governador Paulo Câmara espera acabar com o acúmulo de funções entre delegacias. “Vamos ter condições de investigar mais, dar respostas com mais rapidez. Estamos muito confiantes”, declarou o governador.

Uma das missões do novo efetivo é ajudar no combate ao tráfico de drogas. “A grande causa dos homicídios em Pernambuco é em virtude do tráfico. Com isso, fizemos o planejamento de abrir nove unidades da delegacias de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) no Estado”, disse o secretário estadual de Defesa Social, Antônio de Pádua.

O gestor também comenta a possibilidade de novas seleções para a polícia. “O complemento do efetivo está no radar do governo. Foi autorizado que se realizem todo ano concursos para as polícias Civil e Militar. No caso da PM, há uma autorização de que seja feito uma nova seleção ainda no primeiro semestre de 2018”, contou.

O chefe da Polícia Civil, Joselito Kehle do Amaral, explicou que os formandos têm até 30 dias para começar a trabalhar efetivamente - muitos deles devem atuar já no Carnaval. “Nossa taxa de resolução de homicídios é quatro vezes maior que a nacional. Isso vai subir (com os novos contratados)”, contou. Dos 1.214 agentes, 822 deles são para a Civil.

Leia também:
Mais de 1,2 mil policiais formados para a segurança em Pernambuco
Polícia encontra 12 kg de dinamite em Salgueiro
Estado não permitirá confrontos entre taxistas e motoristas de Uber, diz SDS


Apesar de aprovar a entrada do novo efetivo, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), Áureo Cisneiros, disse esperar que o Governo do Estado convoque todos os aprovados no concurso. “É boa a vinda de novos policiais, mas hoje há muitas vagas ociosas na Polícia Civil. Tem que ter uma política regular de concursos”, afirmou.

O sindicalista criticou o fechamento de delegacias à noite, fins de semana e feriados. “Não dá para tolerar que delegacias fechem assim. Tem a de Boa Viagem, a do Ipsep, a de Casa Amarela que era um plantão importante. Sem falar em cidades como Toritama e Bonito”, exemplificou. Sobre o assunto, o secretário de Segurança, Antônio de Pádua, ponderou: “Temos um planejamento sobre a necessidade de delegacias de plantão. Não é possível imaginar que absolutamente todas as delegacias funcionem 24 horas por dia”, comentou. Segundo o secretário, há as delegacias de plantão específicas, que devem ser reforçadas com os novos agentes.

Polícia Científica
Pernambuco deve ganhar, seis novas unidades de Polícia Científica. As cidades contempladas são Nazaré da Mata e Palmares, na Zona da Mata; Garanhuns, no Agreste; e Arcoverde, Afogados e Ouricuri, no Sertão. “A interiorização é uma realidade. Isso vai ajudar muito. Esperamos entregar até o começo de março”, disse a chefe do Instituto de Criminalística, Sandra Santos. Segundo ela, outras sete unidades do Instituto Médico Legal (IML) devem ser inauguradas pelo Estado - atualmente, só existe no Recife, em Caruaru e Petrolina.

Veja também

Primeiras imagens do novo acelerador de elétrons do Brasil são de proteínas do novo coronavirus
Coronavírus

Primeiras imagens do novo acelerador de elétrons do Brasil são de proteínas do novo coronavirus

Brasil: 1.071 novos óbitos e mais 39mil casos da doença neste sábado
Covid-19

Brasil: 1.071 novos óbitos e mais 39mil casos da doença neste sábado