Carnaval 2024

Com sete polos e aposta no brega, programação do Carnaval de Olinda é anunciada; confira atrações

Expectativa é de que festividade conte com a presença de cerca de quatro milhões de foliões

Previsão econômica de movimentação na cidade com o período carnavalesco é de, no mínimo, R$ 400 milhõesPrevisão econômica de movimentação na cidade com o período carnavalesco é de, no mínimo, R$ 400 milhões - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco; Divulgação

A Prefeitura de Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR), apresentou, na tarde desta segunda-feira (22), na sede da instituição, os detalhes e as novidades da programação do Carnaval da cidade.

Para este ano, o tema da festa será: "O Canaval de Olinda é a cara da gente".

A festividade acontecerá entre os dias 8 e 14 de fevereiro. Nesse período, são esperados cerca de quatro milhões de foliões nos sete polos de animação espalhados pela cidade. São eles: Polo Erasto Vasconcelos, no Carmo; Polo Guadalupe, nas proximidades da Igreja; Polo Varadouro, em frente ao Eufrásio; Polo Rio Doce; Polo Afoxé Alafin Oyó; Polo Xambá, na rua do terreiro; e Polo de acolhimento, no Clube Atlântico.

O início da comemoração será na quinta-feira (8), no formato de cortejo com o Homem da Meia-Noite, Elefante de Olinda, Pitombeira dos Quatro Cantos e a Troça Cariri Olindense. A concentração do desfile começa às 17h, nos Quatro Cantos.

Repetindo o que aconteceu ano passado, haverá uma atenção especial voltada ao gênero musical do brega, com artistas como Priscila Senna (A Musa) e Raphaela Santos (A Favorita).

Além das duas cantoras, Mc Tocha, Sheldon, Kelvis Duran e Labaredas subirão ao palco na sexta-feira (9), véspera de Zé Pereira, a partir das 17h, no Polo Erasto Vaasconcelos, localizado na Praça do Carmo.

No dia de Zé Pereira (10), no mesmo local, André Rio, Lenine, Spok Frevo Orquestra, Mart´nália, Ave Sangria e a Orquestra Contemporânea de Olinda se apresentam. 

No domingo (11), é a vez de começar com samba, com Fundo de Quintal, Renatto Pires, Devotos, China e Pitty.

Na segunda-feira de Carnaval (12), se apresentam no Carmo, a partir das 18h, Banda Carranza - Cena Peixinhos, seguida por Siba, Mombojó, Coco Raízes de Arcoverde e Otto.

Já na terça-feira (13), a partir das 18h, os shows são de Mestre Ambrósio, Banda Eddie, Almério, Orquestra de Bolso e Academia da Berlinda.

O prefeito Professor Lupércio, de 56 anos, exaltou o clima carnavalesco antecipado na cidade, colocando-a em patamar mundial.

Prefeito de Olinda diz que vai "entregar o melhor Carnaval do mundo" | Foto: Ricardo Fernandes/Folha de Pernambuco

“Olinda é bem peculiar. Em setembro, já iniciam as prévias de Carnaval por aqui. Estamos preparados para, mais uma vez, entregar o melhor Carnaval do mundo. Estamos preparados para receber mais de quatro milhões de pessoas”, assegura.

Olinda decorada
A estrutura para o Carnaval vai contar com sete pontos de decoração. Quatro desses locais recebem decoração aérea: Avenida Liberdade, Rua 15 de Novembro, Mercado da Ribeira e Rua do Mercado Eufrásio Barbosa, totalizando 4.824 metros quadrados.

As ruas laterais ao Mercado Eufrásio Barbosa, a Praça Laura Nigro, o Largo do Varadouro e a Praça do Carmo receberão painéis. A arte dos painéis é de responsabilidade dos artistas João Carlos Leite e Maria Ylma Costa.

No Palácio dos Governadores, sede do Executivo Municipal, a decoração será em franja metálica. Todas as ruas do Sítio Histórico irão receber decoração com material utilizado em fitas em TNT e fitas metálicas.

Olinda de homenagens
Como já virou tradição, a escolha dos homenageados do Carnaval de Olinda acontece através de votação popular.

Um totem ficará instalado no piso L3 do Shopping Patteo Olinda, entre os dias 22 e 25 deste mês. Lá, o público precisará escolher uma personalidade em vida e outra "em memória". 

Além do ponto físico, também é possível conhecer e escolher os homenageados através do site www.olinda.pe.gov.br.

A divulgação dos escolhidos será no próximo dia 26.

Olinda com prioridade
Único representante do Governo de Pernambuco no evento em Olinda, o secretário de Turismo e Lazer, Daniel Coelho, revela que a cidade será priorizada em termos de investimentos financeiros, apesar de não apontar números exatos.

Em tom descontraído, ele garante que a governadora Raquel Lyra (PSDB) é presença confirmada no primeiro dia da festa.

“Entre mais de 80 municípios que investiremos recursos, Olinda será prioridade e receberá o maior investimento do governo. A governadora já garantiu que estará com a gente aqui na abertura, e eu tenho certeza que será mais uma grande bela festa. Vamos fazer desse o melhor Carnaval que Pernambuco e Olinda já tiveram”, projeta.

Voltando-se ao tocante da segurança pública, Coelho se apega ao cenário do último evento, quando, segundo ele, não houve registro de “ocorrências mais graves”. “Vamos cuidar da segurança. No ano passado, o Carnaval de Pernambuco e de Olinda foram elogiados pela segurança. Não tivemos ocorrências mais graves, apesar do alto número de pessoas”, relembra.

De acordo com o secretário, até o momento, já foram investidos R$ 2,5 milhões em atrações musicais para Olinda, e a rede hoteleira da Região Metropolitana do Recife (RMR) e também do Litoral Sul estão próximas de atingir a taxa de 100% de ocupação.

Olinda de oportunidades e economia
Secretária de Desenvolvimento Econômico Inovação e Tecnologia de Olinda, Mirella Almeida foi quem apresentou a criação de uma linha de crédito, em parceria com o Banco do Nordeste, que pode chegar ao valor de R$ 21 mil e deve beneficiar mil pessoas.

Secretária Mirella Almeida, que está à frente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Inovação e Tecnologia de Olinda | Foto: Ricardo Fernandes/Folha de Pernambuco

Ela fala também da substituição do termo “ambulantes” por “empreendedores do Carnaval”.

“Estamos com cerca de 35 mil empregos gerados de forma direta ou indireta. Estamos disponibilizando essa linha de crédito e cursos de capacitação para essas pessoas”, diz.

Para ela, a previsão econômica de movimentação na cidade com o período carnavalesco é de, no mínimo, R$ 400 milhões. “Ano passado nós tivemos uma economia em torno de R$ 350 milhões. Para esse ano, estamos estimando um aumento de mais de R$ 50 milhões”, afirma.

Olinda em ritmos
A Secretária de Patrimônio, Cultura e Turismo de Olinda, Gabriela Campello, também participou do anúncio da programação, explicando como se deu a construção da grade de atrações. 

“A gente sempre opta pelos artistas locais, em primeiro lugar. O nosso Carnaval é de rua, com frevo e agremiações. Priorizamos as agremiações que vão desfilar nas ruas. Nos polos, escolhemos de acordo com a necessidade ‘in loco’, colocando artistas de Pernambuco e os que estão em evidência no cenário da música como um todo”, reflete.

Veja também

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco
Rio de Janeiro

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe
dengue

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

Newsletter