Com trânsito caótico na volta às aulas, pais levam filhos a pé

"Não dá para se acostumar com um trânsito desses", disse a advogada Renata Escobar

Trânsito na Avenida Rui Barbosa ficou complicado na manhã desta quinta (1º)Trânsito na Avenida Rui Barbosa ficou complicado na manhã desta quinta (1º) - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

As aulas nas escolas privadas do Recife retornaram nesta quinta-feira (1º). E o trânsito, tanto em frente às instituições quanto nos arredores, ficou caótico, mesmo com a presença de agentes, orientadores e panfleteiros da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU). Muitos pais desistiram do carro e levaram seus filhos a pé.

Um deles foi o publicitário Aguinaldo Menezes. Ele abandonou seu veículo no meio do caminho para que a filha não se atrasasse para a escola, na avenida Rui Barbosa, na Zona Norte da Capital. "Parei o carro ali na frente e vim a pé. É uma loucura. Um trecho que eu fazia em 15 minutos, agora beira uma hora", criticou.

A advogada Renata Escobar relatou que incorporou o costume de ir a pé. "Moro a dois quilômetros da escola e é muito mais rápido e tranquilo caminhar do que de carro. Não dá para se acostumar com um trânsito desses", disse.

Leia também:
Mais 250 mil carros voltam às ruas do Recife esta quinta-feira
Novo plano de mobilidade da Ilha do Leite muda sentido de ruas importantes
Planos de mobilidade no foco para 2018


Para a CTTU, é questão de costume. O coordenador de Educação para o trânsito da autarquia, Francisco Irineu, explicou as ações realizadas para atenuar as complicações. "Estamos em período de adequação. São os primeiros dias letivos da rede privada, nas próximas duas semanas vamos estar na frente dessas escolas para contribuir com a adequação do tráfego", disse.

Ainda segundo Francisco, é preciso que todos reorganizem as rotinas. "A frota volta a circular em maior volume (com a volta às aulas). É preciso que haja um pouco mais de planejamento dos pais, em relação ao horário das aulas", opinou.

Fluxo
Cerca de 250 mil veículos devem voltar a ocupar as ruas e avenidas do Recife, de acordo com a CTTU. Diante deste cenário, a autarquia espera por nas ruas 30 agentes e orientadores de trânsito em cada turno, além dos panfleteiros. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE) também terá ações em todo o Estado com a turma do Fom-Fom.

Veja também

Cirurgia bariátrica é procedimento pouco acessível, diz associação
Saúde

Cirurgia bariátrica é procedimento pouco acessível, diz associação

Professora da Unicap é acusada de racismo
Racismo

Professora da Unicap é acusada de racismo