Comerciantes do Bairro do Recife pedem socorro

Comerciantes do local cobram, por meio da Associação Comercial de Pernambuco, mais policiamento, iluminação e fiscalização

Messias SantosMessias Santos - Foto: Julya Caminha

A Associação Comercial de Pernambuco (ACP) está criando uma Câmara Setorial do Bairro do Recife para discutir os diversos problemas do bairro com seus associados e buscar soluções junto ao poder público. Na última quinta-feira, trinta comerciantes do local reuniram-se na sede da ACP para tratar dos principais entraves para os seus negócios e que serão levados à próxima reunião do Comitê Gestor do Bairro do Recife, coordenado pela Prefeitura do Recife.

Na reunião, marcada para a próxima quarta (20), às 14h30, no auditório do Espaço Cultural Sinspire, o assessor da presidência da ACP, Messias Santos, levará um documento com as reivindicações dos comerciantes que pedem mais policiamento nas pontes, banheiros públicos, fiscalização dos flanelinhas, reativação das câmaras de segurança que estão quebradas e melhorias na iluminação e na limpeza após eventos, entre outros pontos.

“Temos que fazer o enfrentamento dos problemas, antes do Carnaval e depois, quando ocorre uma decaída dos cuidados”, afirmou Santos, adiantando que a ACP irá sistematizar as cobranças e manter a mobilização por mais atenção aos empresários. "Temos três cadeias produtivas no Bairro do Recife: a de Tecnologia, a de Turismo e a do Comércio, que precisam de incentivo. Podemos contribuir com convênios para capacitar os trabalhadores informais e integrá-los à economia local", declara.

Recife de Coração
Os comerciantes da Rua da Moeda estão mobilizados também pela inclusão da via no projeto Recife de Coração, da Prefeitura do Recife, a fim de aumentar o movimento e melhorar o comércio. “Costumamos abrir nos domingos do evento mas não temos os mesmos atrativos das outras ruas como a Rio Branco e a Rua do Bom Jesus”, relata o empresário José Dimas, do Bar Royal.

Para a secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça, a mobilização dos empresários é muito positiva para a construção de uma pauta conjunta. “O grande objetivo do Comitê Gestor do Bairro do Recife é reunir empreendedores e usuários do local e ouvir suas demandas. Temos competências limitadas mas articulamos com outros órgãos para resolver”, afirmou, destacando que a Prefeitura mantém um gerente para o Bairro do Recife. Sobre a segurança, a secretária afirmou que na última reunião do ano passado, em dezembro, a Prefeitura atendeu à uma solicitação dos comerciantes reforçando a segurança noturna com uma ronda turística da guarda municipal por 24 horas.

Para a próxima reunião, a primeira das quatro que são realizadas anualmente, Ana Paula Vilaça adianta que pela proximidade do Carnaval, o assunto estará em foco e vão ser discutidas questões como tráfego, fiscalização dos camelôs e a operação limpeza no Bairro do Recife.

Veja também

Saiba como é o programa de vacinação em países europeus
Vacina

Saiba como é o programa de vacinação em países europeus

Nos últimos dois meses, Pernambuco perdeu mais de 100 pessoas por semana para a Covid-19
Pandemia

Nos últimos dois meses, Pernambuco perdeu mais de 100 pessoas por semana para a Covid-19