Comerciantes do Cais de Santa Rita recebem certificado de qualificação

Os certificados são resultados de treinamentos em segurança alimentar, gestão de negócios, marketing e relações pessoais

Boxes requalificados na praça de alimentação do Cais de Santa RitaBoxes requalificados na praça de alimentação do Cais de Santa Rita - Foto: Mandy Oliver/Folha de Pernambuco

Foram entregues nesta terça-feira (6) certificados de qualificação para os donos de boxes na praça de alimentação do Cais de Santa Rita, na área central do Recife. Em parceria entre a Secretaria de Esportes, Turismo e Lazer de Pernambuco (Seturel), Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano e a Uninabuco, foram ministrados treinamentos em segurança alimentar, gestão de negócios, marketing e relações comportamentais.

O projeto do Centro Comercial Cais de Santa Rita foi dividido em três etapas, sendo a primeira delas os 38 boxes da praça de alimentação 1, inaugurada em setembro e que conta com mão de obra qualificada desde esta terça. Depois será entregue um setor de variedades e, por fim, outra praça de alimentação. Quando as três etapas forem concluídas - segundo cálculos da Prefeitura do Recife, até o fim do ano -, serão cerca de 400 boxes com mais de 400 comerciantes. A reforma do equipamento permitirá a retirada dos ambulantes ao redor do cais, levando-os para o lado de dentro.

Leia também:
Trabalhador deve buscar qualificação
Prefeitura do Recife lança site com atrativos turísticos


O investimento de R$ 6 milhões é oriundo do Prodetur, empréstimo do Governo do Estado de Pernambuco executado pela Seturel. “Não adianta a gente fazer só a estruturação, é importante que a gente treine esse pessoal para que saiba receber bem o cidadão e o turista”, disse João Vinícius Figueiredo, secretário executivo da Seturel.

Segundo o secretário de Mobilidade e Controle Urbano, João Braga, será lançada ainda este mês campanha de conscientização nos entornos do cais, tendo início pela rua Direita. Serão abordados temas como descarte de lixo, poluição sonora, desobstrução das calçadas e outros pontos para uma melhor circulação no bairro.

O curso, em parceria com a Uninabuco, faz parte da reestruturação comportamental do projeto. “Fizemos a capacitação para que os comerciantes possam de fato melhorar o seu processo de atendimento e padrão de negócio”, explicou o reitor da Uninabuco, Jânyo Diniz.

Entre os mercadores, o curso foi aprovado, abrindo um novo leque de oportunidades. “Foi maravilhoso, com ideias maravilhosas. Se colocar em prática, vai ser muito bom”, afirmou Socorro Salles, 74 anos, desde 1991 no Cais de Santa Rita.

Veja também

Homem é espancado por grupo de pessoas em confusão por som alto no Janga, em Paulista
Violência

Homem é espancado por grupo de pessoas em confusão por som alto no Janga, em Paulista

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista
Entrevista

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista