Incêndio no Pina

Comissão de moradores e prefeitura discutem, na segunda (9), demandas após incêndio no Pina

Encontro irá debater demandas e realizar novos encaminhamentos

Movimentação no local do incêndio no PinaMovimentação no local do incêndio no Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco

Uma comissão formada por moradores da comunidade atingida pelo incêndio que destruiu diversas palafitas no Pina, Zona Sul do Recife, será recebida pela prefeitura da capital pernambucana em uma reunião marcada para a próxima segunda-feira (9). 

De acordo com o Poder Executivo municipal, o encontro irá debater demandas e realizar novos encaminhamentos. A prefeitura ainda não consolidou quantas habitações foram destruídas.

Em relação à volta dos moradores ao local, a prefeitura afirmou que o aval será dado pela Defesa Civil. A gestão municipal destaca que os populares só podem retornar caso haja segurança, o que ainda não está definido. 

Neste sábado (7), um dia após o incêndio, a Prefeitura do Recife encaminhou diversas equipes ao local do incêndio para fazer a limpeza da área, assim como ajudou no transporte de moradores afetados para a casa de parentes. 

No local, também foi disponibilizada a emissão de documentação para quem perdeu no incêndio. Segundo a gestão municipal, foram encaminhadas 25 certidões de nascimento e três carteiras de identidades - os documentos poderão ser retirados, na próxima semana, na Central de Cadastro Único do Recife, na rua do Imperador. 

Ainda de acordo com a prefeitura, que anunciou, já na sexta (6), o pagamento de uma indenização de R$ 1,5 mil, nenhuma família optou por ir para o abrigo municipal disponibilizado. 

Veja também

Senadores dos EUA querem investigação a fundo sobre TikTok
Rede social

Senadores dos EUA querem investigação a fundo sobre TikTok

"Rei da cocaína" chega à Itália, após ser extraditado pelo Brasil
Tráfico

"Rei da cocaína" chega à Itália, após ser extraditado pelo Brasil