Comissão em Roma dá parecer positivo à beatificação de frei Damião

Processo seguirá para outra comissão e depende de aval do papa para declaração do frade como venerável

Frei DamiãoFrei Damião - Foto: Divulgação

A Comissão dos Teólogos da Congregação da Causa dos Santos, em Roma, deu parecer positivo à beatificação de frei Damião de Bozzano. A apreciação do caso ocorreu na última terça-feira (6) e veio à tona nesta quinta (8), por meio do vice-postulador da causa, frei Jociel Gomes, no Brasil.

Agora, será preciso aguardar o parecer da Comissão dos Bispos e Cardeais, que deve sair em até oito meses. A expectativa é que, até o fim deste ano, o processo esteja nas mãos do papa Francisco, que é quem pode declarar o frade capuchinho venerável, por meio da publicação do Decreto de Vulnerabilidade. Depois disso, ainda será preciso comprovar um milagre ocorrido por meio da intercessão pós-morte de frei Damião para que ele seja reconhecido beato.

"Ontem (7), recebemos o comunicado da postulação geral em Roma sobre esse parecer positivo. Acreditamos que, ali pelo mês de outubro, novembro, esses pareceres estejam nas mãos do cardeal prefeito da Congregação da Causa dos Santos e seja apresentado ao Santo Padre para qeu ele reconheça frei Damião como venerável. Enquanto isso, estamos acompanhando possíveis casos de milagres", afirmou frei Jociel.

Leia mais:
- Arquidiocese de Olinda e Recife aguarda parecer sobre beatificação de frei Damião 

O religioso costuma viajar pelo Nordeste em busca de ocorrências de milagres atribuídos a frei Damião. O processo para comprovar a resolução de uma doença incurável, por exemplo, não é simples. A cura deve ser definitiva e duradoura e ter sido sido obtida pouco depois da oração do fiel a frei Damião. Testemunhas também são ouvidas. Depois, laudos médicos e científicos terão que atestar que algo impossível ocorreu graças à fé no religioso.

Após a beatificação, será necessária a comprovação de outro milagre - ocorrido após o frade ganhar o título de beato - para que frei Damião seja canonizado, ou seja, declarado santo. Quem tiver relatos que possam ajudar na causa de beatificação e canonização pode comunicá-los por meio dos telefones (81) 3721-3731/3424-8500 ou do e-mail [email protected]

Pio Giannotti, que depois adotou o nome de Damião, nasceu em 5 de novembro de 1898, na aldeia de Bozzano, na Itália. Desde o início de sua trajetória pela Igreja, já estava na Ordem dos Frades Capuchinhos. Quando jovem, formou-se em Teologia, em Roma, e chegou a lecionar. Em 1923, foi ordenado sacerdote e veio para o Brasil em 1931. Percorreu o Nordeste atendendo aos mais pobres e realizando cerimônias religiosas. No Recife, o Convento de São Félix, da Ordem dos Capuchinhos, é o cenário de uma festa anual em homenagem ao frade. Frei Damião morreu em 31 de maio de 1997. 

Veja também

Áreas de lazer reabertas atraem milhares de cariocas em domingo de sol
RIO DE JANEIRO

Áreas de lazer reabertas atraem milhares em domingo de sol

Espanha determina confinamento de 200 mil pessoas
Coronavírus

Espanha determina confinamento de 200 mil pessoas