Competições de tênis de mesa são suspensas por mais dois meses

Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) estendeu a suspensão até o dia 30 de junho

Hugo Calderano, atleta de tênis de mesaHugo Calderano, atleta de tênis de mesa - Foto: Divulgação/COB

Diante da progressão da pandemia do novo coronavírus, a Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) estendeu a suspensão de todas as competições neste domingo por mais dois meses, até 30 de junho, e paralizou as classificações em vigor em março.

"Como consequência da incerteza persistente causada pela pandemia do Covid-19 e do adiamento dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio 2020, o Comitê Executivo da ITTF tomou as seguintes decisões: suspensão de todos os eventos e atividades envolvendo viagens internacionais até 30 de junho e (...) a paralisação do ranking de março de 2020", afirmou a organização em seu site.

As despesas do comitê executivo e os salários dos membros mais antigos da ITTF também sofrerão cortes, de acordo com o comunicado. Em meados de março, a entidade já havia suspendido "todas as suas atividades" até o final de abril.

Leia também:

Hugo Calderano vence no Aberto da Áustria de tênis de mesa
No tênis de mesa, Brasil vai bem no 1º dia do Aberto da Áustria
Brasil é bronze no tênis de mesa masculino e luta por ouro no feminino

A pandemia do novo coronavírus, que matou mais de 31.000 pessoas em todo o mundo, segundo a contagem da AFP realizada neste domingo com base em dados oficiais, levou o Comitê Olímpico Internacional a adiar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos na última terça-feira. de Tóquio-2020 para 2021.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Nova companhia aérea começa a operar em Pernambuco
ITA

Nova companhia aérea começa a operar em Pernambuco

EUA não pretende decretar novos confinamentos, afirma Anthony Fauci
Pandemia

EUA não pretende decretar novos confinamentos, afirma Anthony Fauci