Condomínio arrecada cestas básicas para pessoas em situação de vulnerabilidade em Gravatá

Mobilização, feita pelo WhatsApp, distribui donativos para um lar de idosos e comunidades carentes. Objetivo é minimizar impactos gerados pela pandemia.

Em meio ao isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus, a paralisação das atividades comerciais trouxe prejuízos a comunidades carentes, especialmente nos locais mais afastados dos centros urbanos. No Agreste do Estado, moradores do condomínio Gravatá Serraville, no município de Gravatá, se engajaram em uma campanha para ajudar a população em situação de vulnerabilidade social.

Leia também:
Solidariedade mantém população unida em meio à pandemia
Voluntários fazem campanha para a doação de máscaras para moradores de rua
Metroviários promovem doação de alimentos na sede do metrô do Recife


O grupo, formado por 44 condôminos, arrecadou cerca de 130 cestas básicas, adquiridas no mercado local. Os donativos começaram a ser entregues no último sábado e estão sendo distribuídos para um lar de idosos e bairros da periferia da cidade. O síndico do condomínio, desembargador Jovaldo Nunes, conta que está organizando novas doações para o fim de maio. “Enquanto durar esta pandemia, vamos fazer esse movimento duas vezes por mês. A gente espera que esse exemplo seja seguido por outros condomínios”, ressalta.

Toda a mobilização se deu pelo WhatsApp. A ideia partiu da advogada Carmem Lucena Rodrigues dos Santos, que comemora o engajamento dos condôminos. “Eu fiquei, assim, boba quando vi quase o caminhão todo cheio. Foi emocionante saber que algumas famílias, em um momento, vão conseguir ter um pouco de paz porque, com fome, ninguém consegue nada nesta vida”, comenta. “A adesão foi imediata. Nós só passamos um dia fazendo o recolhimento”.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Recife começa a vacinar com Pfizer gestantes e puérperas que tomaram AstraZeneca
Vacina contra Covid-19

Recife começa a vacinar com Pfizer gestantes e puérperas que tomaram AstraZeneca

Presidente sanciona lei com prioridades para vacinação
Covid-19

Presidente sanciona lei com prioridades para vacinação