Morte

Confirmada morte cerebral de Marisa Letícia Lula da Silva

Médico informou que quadro da ex-primeira-dama é irreversível

Médico Roberto Kalil confirmou morte cerebral de Marisa Letícia Lula da SilvaMédico Roberto Kalil confirmou morte cerebral de Marisa Letícia Lula da Silva - Foto: Reprodução Veja

A ex-primeira-dama do país Marisa Letícia Lula da Silva, 66 anos, teve morte cerebral constatada na noite desta quarta-feira (1º). A confirmação foi feita pelo médico Roberto Kalil Filho no saguão do hospital Sírio Libanês, de acordo com o jornal Estado de S. Paulo. Dona Marisa teve uma piora drástica do quadro de saúde. Ainda segundo, o jornal Folha de S. Paulo, o quadro é irreversível.

Uma pessoa próxima da família teria contado que houve aumento da pressão intracraniana e do edema cerebral que ela teve em decorrência do derrame hemorrágico.

 A equipe médica que estava tratando de dona Marisa chegou a se animar com alguns sinais de provável melhora, no início da tarde de quarta-feira, mas ela teve diversas ocorrências de vasoespasmos (a artéria se fecha e impede o fluxo de sangue na região) no decorrer do dia.

Marisa Letícia estava em coma induzido desde o dia 31, quando os médicos cortaram os sedativos. Mas como houve uma piora no seu quadro clínico, ela voltou ao coma induzido. Desde o início da tarde, Dona Marisa passou a sofrer aniscoria, quando as pupilas se dilatam, sintoma de falta de sangue no cérebro.

ATUALIZAÇÃO

Na manhã desta quinta-feira (2), um exame de dopler transcraniano foi realizado no Hospital Sírio-Libanês e constatou não haver atividade cerebral na ex-primeira-dama Marisa Letícia. Com base neste exame, o ex-presidente Lula autorizou a doação de órgãos do corpo da mulher, cujo coração continua batendo.

 

No Facebook oficial do ex-presidente Lula, a família anunciou que autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos.

Foto: No Facebook oficial do ex-presidente Lula, a família anunciou que autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos.
Créditos: Reprodução

 

Veja também

Governador assina lei que cria universidade do Distrito Federal
Educação

Governador assina lei que cria universidade do Distrito Federal

Contra racionamento, governo inaugura térmica com energia mais cara do País
Crise energética

Contra racionamento, governo inaugura térmica com energia mais cara do País