Conter euforia e manter equilíbrio: lema do Náutico contra o Oeste

Rafael Pereira ressaltou que a torcida precisa ter paciência no início da partida

Ciro Gomes (PDT) cumpre agenda em CaruaruCiro Gomes (PDT) cumpre agenda em Caruaru - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Por mais que o torcedor do Náutico esteja preocupado com os confrontos de Bahia e Vasco contra Atlético/GO e Ceará, respectivamente, os jogadores alvirrubros reforçaram a necessidade de o time manter o foco no Oeste, adversário de sábado (26), na Arena de Pernambuco. O Timbu precisa vencer os paulistas e torcer pelo tropeço de baianos ou cariocas para entrar no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro e conseguir o acesso. Para isso, o zagueiro Rafael Pereira pediu que a torcida “jogue junto” com o time.

“Não podemos cair na euforia da torcida. Eles vão querer que em 10 minutos a gente já esteja ganhando por 2x0. Precisamos ter calma. Por mais difícil que seja, pedimos que o torcedor tenha paciência. Sabemos o que é preciso fazer. Não conseguiremos pressionar todos os momentos. Temos que apertar na hora certa e explorar a bola parada também. Precisamos controlar a ansiedade para que ela não nos atrapalhe, mas sim nos motive para conseguir a vitória”, afirmou o defensor.

O zagueiro também contou como tem sido as conversas com o técnico Givanildo Oliveira. “Ele pediu para gente esquecer o extracampo e pensar somente no Oeste. Ter ele (no banco) dá uma confiança a mais, por saber da sua história e da quantidade de acessos que ele tem. Se Deus quiser vamos aumentar essa lista”, declarou.

Ciente da importância de conquistar o acesso pelo Timbu, Rafael Pereira não poupou palavras para destacar a atual fase na carreira. “Um dos melhores momentos da minha vida. Temos um grupo maravilhoso e podemos ficar marcados na história do clube. Faremos de tudo para vencer, além de torcer para que os outros resultados nos ajudem. A palavra que posso usar é equilíbrio. Precisamos ter isso no jogo para controlar a partida. Sabemos da qualidade da equipe deles, mas quando entrarmos em campo precisaremos nos doar ao máximo. Marcar em todos os momentos e explorar a velocidade para conseguir a vitória”, pontuou.

Marco Antônio

Na briga com Esquerdinha por uma vaga no meio-campo, o camisa 10 Marco Antônio recebeu elogios de Rafael Pereira. “A importância dele é gigante, tanto como profissional como líder. Ele chegou e nos ajudou. Teve uma lesão, mas fez tratamentos rigorosos para nos ajudar. É um cara que tem um passe refinado e fora de campo tem uma palavra importante”, pontuou.

Veja também

Anvisa recebe pedido de avaliação preliminar de documentos da vacina russa Sputnik V
Coronvírus

Anvisa recebe pedido de avaliação preliminar de documentos da vacina russa Sputnik V

Polícia detalha atentado em Nice e prende suspeito de ser cúmplice do terrorista
França

Polícia detalha atentado em Nice e prende suspeito de ser cúmplice do terrorista