Contra coronavírus, consulados dos EUA cancela entrevistas de visto no Brasil

O objetivo da ação é tentar conter a disseminação de coronavírus

Bandeira dos Estados UnidosBandeira dos Estados Unidos - Foto: Reprodução/Pixabay

A embaixada dos Estados Unidos em Brasília anunciou nesta segunda-feira (16) que vai cancelar todas as entrevistas de visto no Brasil.

A medida, que passa a valer a partir desta terça (17), inclui ainda todos os consulados no país (em Porto Alegre, Recife, São Paulo e Rio de Janeiro).

O objetivo da ação é tentar conter a disseminação de coronavírus.

Leia também:
Trump diz que surto de coronavirus pode durar até julho ou agosto nos EUA
EUA estendem proibição de voos europeus a Reino Unido e Irlanda


Tradicionalmente, centenas de pessoas vão diariamente aos consulados dos Estados Unidos para participar das entrevistas, última etapa para conseguir a autorização para entrar em território americano.

Na prática, sem as entrevistas não é possível conseguir o visto.

Segundo o comunicado, quem já pagou a taxa para fazer a entrevista terá até um ano para reagendar o procedimento.

Não há data para que as entrevistas voltem a ser realizadas.

Quem tiver um assunto urgente para tratar nos Estados Unidos e precisar do visto, deve entrar em contato com o Departamento de Estado dos EUA para requisitar um procedimento de emergência.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Primeira negra eleita vereadora em Joinville volta a receber ameaças
Ameaças

Primeira negra eleita vereadora em Joinville volta a receber ameaças

Motorista é detido com 17 quilos de maconha na BR-428, em Cabrobó
Sertão

Motorista é detido com 17 quilos de maconha na BR-428, em Cabrobó