Notícias

Coronavírus é tragédia inimaginável nos lares para idosos, diz OMS

Segundo cálculos preliminares da instituição em alguns países, "até metade das mortes por Covid-19 é de residentes de instituições de cuidados de longa duração"

Abrigo Cristo Redentor Abrigo Cristo Redentor  - Foto: Thiago Britto/Folha de Pernambuco

As mortes causadas pelo coronavírus nas residências para idosos, que representam até metade dos falecimentos em alguns países, são uma "tragédia humana inimaginável" - afirmou o diretor para Europa da Organização Mundial da Saúde, Hans Kluge, nesta quinta-feira (23).

Nestes estabelecimentos, a situação é "profundamente preocupante", acrescentou Kluge, em videoconferência com a imprensa, de Copenhague, sede do braço europeu da OMS. Segundo cálculos preliminares da instituição em alguns países, "até metade das mortes por Covid-19 é de residentes de instituições de cuidados de longa duração", relatou.

Leia também:
Decisão sobre tratamento intensivo não deve se basear só em idade, diz OMS
Brasil registra 3.313 mortes e 49.492 casos de Covid-19

Até 13 de abril, das 444 mortes registradas na Irlanda, 55,2% foram nesse tipo de estrutura. Em 15 de abril, a França anunciou que 49,4% dos mortos moravam em estabelecimentos para idosos, conforme os números informados pela OMS à AFP.

Para Kluge, "existe uma necessidade imediata e urgente de repensar e adaptar o funcionamento" destes estabelecimentos frente à epidemia. Trata-se, em particular, de priorizar os testes, de equipar bem os profissionais da saúde e de organizar unidades especiais para os doentes com Covid-19. "Muitas pessoas muito idosas, que são frágeis e vivem com múltiplas doenças crônicas, têm boas chances de se recuperarem, se forem bem atendidas", afirmou.

Quase metade dos casos notificados de Covid-19 no mundo foi registrada na seção Europa da OMS, que compreende 53 países tão heterogêneos quanto Rússia e Andorra. Esta seção da OMS se preocupa com o aumento dos casos em sua parte leste, em particular na Rússia, na Turquia e na Ucrânia.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

ONG está com inscrições abertas para programa de imersão no idioma inglês
Educa Mais

ONG está com inscrições abertas para programa de imersão no idioma inglês

Hospital das Clínicas reagenda pacientes que não realizaram consultas e exames nesta quarta (25)
Recife

Hospital das Clínicas reagenda pacientes que não realizaram consultas e exames nesta quarta (25)