A-A+

Coronavírus: Pernambuco descarta mais um caso suspeito

Até este domingo (1º), o Estado teve 13 notificações, sendo oito já descartadas e cinco estão em investigação

Hospital Oswaldo Cruz, no RecifeHospital Oswaldo Cruz, no Recife - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) informou, neste domingo (1º), que mais um caso suspeito de Covid-19 no Estado foi descartado. Trata-se de uma moradora de Jaboatão dos Guararapes, de 34 anos, com histórico de viagem recente à Itália. Ela foi notificada na última quinta (27), apresentando febre, tosse, dor de garganta e cefaleia. Com essa atualização, subiu para oito o número de descartes, enquanto outros cinco permanecem em investigação.

Desde a última terça-feira (25), a SES-PE recebeu 13 notificações de casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus (veja caso a caso). Sete desses casos foram acolhidos no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), referência da rede pública estadual para esse tipo de suspeita, e seis em unidades particulares do Recife e de Olinda. Os pacientes são residentes do Recife (oito, sendo três em investigação e cinco descartados), Caruaru (um caso descartado), Jaboatão dos Guararapes (um caso descartado), Olinda (dois em investigação) e Itália (um descartado).

Dos casos descartados, todos já receberam alta médica. Entre os cinco pacientes com exames ainda em investigação, quatro estão em isolamento domiciliar, seguindo orientações e monitorados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica e da Atenção Primária dos municípios onde residem. Apenas uma paciente está internada em isolamento em uma unidade privada de Olinda, com quadro de saúde estável.

Leia também:
Museu do Louvre fecha neste domingo por coronavírus
Coronavírus deve afetar da Zona Franca de Manaus à 25 de Março
Tecnologia que sequenciou coronavírus em 48 horas no Brasil permitirá monitorar epidemia em tempo real
Equador se torna terceiro país latino com registro de coronavírus
Governo do Maranhão descarta um caso suspeito de novo coronavírus


Desde o final de janeiro, o Governo de Pernambuco vem preparando a rede de saúde para receber os possíveis casos suspeitos do novo coronavírus. Além do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, o Hospital Correia Picanço (HCP) e o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) são as referências estaduais. O Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco está em processo de estruturação para também se tornar referência.

A SES-PE ressalta que os pacientes não devem procurar diretamente as unidades de referência. O primeiro atendimento deve ser feito na unidade de emergência mais perto da residência, como UPAs e policlínicas. Havendo necessidade, esses serviços encaminharão o paciente para os hospitais de referência, seguindo o protocolo vigente. Os hospitais privados também contam com estrutura apta para atender casos suspeitos e aqueles que têm plano de saúde devem se dirigir a suas unidades conveniadas.



Veja também

Dezenas de mortos em ataque no noroeste da Nigéria
Atentado

Dezenas de mortos em ataque no noroeste da Nigéria

Forças Armadas gastam R$ 5,5 milhões de dinheiro da vacina contra Covid
vacinação

Forças Armadas gastam R$ 5,5 milhões de dinheiro da vacina contra Covid