Coronavírus

PCR vai distribuir mais de 200 mil máscaras de porta a porta em comunidades

Prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB)Prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB) - Foto: Reprodução

A  Prefeitura do Recife anunciou, na manhã desta sexta-feira (3), que irá ampliar a distribuição de máscaras de tecido nas comunidades vulneráveis da cidade. De acordo com a prefeitura, mais de 200 mil máscaras serão entregues de porta a porta por agentes de saúde que atuarão em estações itinerantes. Além das máscaras, será intensificada a distribuição de kits de limpeza com água sanitária, sabão, materiais para higiene bucal e  hipoclorito em gotas, que serve para a limpeza dos alimentos. 

De acordo com a prefeitura, a Estações Itinerantes de Orientações sobre a Covid-19 serão instaladas nas comunidades mais carentes da cidade a partir da próxima segunda-feira (6). Os primeiros bairros contemplados pela nova iniciativa serão os Coelhos, na região central do Recife e Pina, na Zona Sul. 

A partir das 8h da segunda-feira, Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e os Agentes de Saúde Ambiental e Controle de Endemias (Asaces) iniciarão os trabalhos de porta em porta, distribuindo os kits e dando orientações e informações sobre o coronavírus. Os agentes também devem identificar eventuais manifestações de sintomas gripais, orientando o paciente a procurar uma das unidades de referência da Atenção Básica para atendimento de pessoas com suspeita de Covid-19.

As  máscaras de proteção adquiridas pela prefeitura foram confeccionadas por costureiras, Microempreendedores Individuais (MEIs) e Microempresas (MEs) da área de confecção contratados pela Prefeitura do Recife, por meio de edital divulgado em maio. Ao todo, 148 costureiras foram contratadas temporariamente para a confecção das máscaras.

Além da distribuição dos materiais nas comunidades, a Secretaria de Saúde (Sesau) anunciou que irá instalar tendas com pontos para higienização e com a presença de  profissionais de saúde que vão orientar a população sobre o comportamento do vírus, as medidas de higiene e prevenção e sobre o uso adequado das máscaras. As equipes também devem orientar sobre o uso dos aplicativos da prefeitura voltados para o combate ao coronavírus, como Atende em Casa, Movimenta Recife e Dycovid.

As tendas funcionarão das 8h às 16h (de segunda à sexta) e serão instaladas no na praça do Mercado São José, no Mercado Público de Beberibe (Praça da Convenção), Mercado de Casa Amarela, Feira do Cordeiro, Praça Irmã Douraci Joaguim (Mustardinha), Brasília Teimosa (na frente da Unidade de Saúde da Família Bernard Van Leer), Largo Dona Regina (Nova Descoberta) e Avenida Dois Rios (em frente à Igreja Católica de São Sebastião, no Ibura). 
 

Leia também

• Com 45 dias de queda nos indicadores, Recife passa a ter 21% dos casos de Pernambuco

• Taxa de retransmissão do coronavírus em Pernambuco está acima de 1, aponta estudo

• Recife amplia leitos de UTI da Covid-19 e desativa vagas de enfermaria



Em anúncio feito na última quarta-feira (1º), a prefeitura anunciou que número de novos casos de Covid-19, no Recife, está em queda há 45 dias; com isso, a gestão considera que a cidade está em uma fase de prevenção contra o coronavírus.

 
“O mais importante nessa fase de prevenção é usar a máscara sempre, cuidar da higiene e manter a distância um do outro”, afirmou o prefeito Geraldo Julio (PSB). “A atitude de cada um é fundamental pra gente continuar contendo o coronavírus em nossa cidade”, completou.
 

 

 

 

Veja também

Procon interdita pub The Queen, em Boa Viagem, por funcionar em horário proibido
Irregular

Procon interdita pub The Queen, em Boa Viagem, por funcionar em horário proibido

Merendeira que ajudou crianças em massacre de Suzano é 1ª profissional de educação vacinada
Covid-19 no Brasil

Merendeira que ajudou crianças em massacre de Suzano é 1ª profissional de educação vacinada