RMR

Corpo de cantor de bregafunk é desenterrado e queimado

O MC Pit Bull da Firma foi assassinado no último domingo (24). Defesa Social do Cabo de Santo Agostinho informou que será instaurado um procedimento interno para averiguar o caso

João Vitor da Silva Amorim, MC Pitbull da FirmaJoão Vitor da Silva Amorim, MC Pitbull da Firma - Foto: Reprodução / Instagram

O MC Pit Bull da Firma foi assassinado a tiros no último domingo (23) , no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Porém, a violência prosseguiu. O corpo do cantor de bregafunk foi removido do túmulo e incendiado um dia após o sepultamento, na segunda-feira (24).

João Vitor da Silva Amorim - o nome de batismo do artista de 23 anos -  chegou a postar um pedido de ajuda no Instagram para que desmentissem uma informação sobre ele no dia em que morreu. 

O corpo do MC foi incendiado dentro do Cemitério São José, localizado na área central do Cabo de Santo Agostinho. Apesar da situação atípica, o município informou que rondas são realizadas no local com frequência. De acordo com a Defesa Social do Cabo de Santo Agostinho, será instaurado um procedimento interno para averiguar o caso.

Publicações em perfis de redes sociais famosos na cidade ameaçam culpados pelo crime e prometem cenas de violência em Gaibu, bairro do Cabo. Um dos perfis marcados pelo MC no pedido de ajuda publicado no domingo, postou uma das ameaças que circulam de vingança pelo assassinato do cantor. O perfil também compartilhou informações sobre um toque de recolher a partir das 18h no litoral da cidade. 

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, o homicídio segue sendo investigado, assim como o fato do túmulo da vítima ter sido aberto. 

Veja também

Revista Digital FMOTORS | Edição Dezembro 2021Revista Digital FMOTORS

Revista Digital FMOTORS | Edição Dezembro 2021

Desenvolvedor do Pegasus investiga relatos de espionagem com a ferramentaAtaque Hacker

Desenvolvedor do Pegasus investiga relatos de espionagem com a ferramenta