Corpo de Miguel Brendo é sepultado em cemitério de Jaboatão

Velório e o enterro foram realizados no Cemitério Memorial Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife

Sepultamento do corpo de Miguel BrendoSepultamento do corpo de Miguel Brendo - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Foi sepultado, na tarde desta sexta-feira (2), o corpo do operador de transmissão Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, que morreu após a queda do Globocop no bairro de Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife. O velório e o enterro foram realizados no Cemitério Memorial Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. O sepultamento aconteceu pouco depois das 14h.

O acidente aconteceu no dia 23 de janeiro. Parentes, amigos, colegas de trabalho e alguns moradores de Brasília Teimosa que participaram do resgate deram o último adeus ao jovem. Miguel Brendo morreu na última quinta-feira (1) após não resistir ao politraumatismo sofrido no acidente. Parentes das outras vítimas do acidente também estiveram no sepultamento.

Veja também

Cientistas da UFRJ dizem que reabertura de escolas é imprescindível
educação

Cientistas da UFRJ dizem que reabertura de escolas é imprescindível

Bolsonaro diz que Doria é 'autoritário' e que pandemia no Brasil 'está acabando'
Coronavírus

Bolsonaro diz que Doria é 'autoritário' e que pandemia no Brasil 'está acabando'