Corpo de professora morta por telão é sepultado nesta sexta, em Sertânia

Funeral acontecerá no Cemitério Alto da Saudade, no próprio município; Acidente aconteceu na última quinta

Professora Aldecine LúcioProfessora Aldecine Lúcio - Foto: Reprodução/Facebook

O corpo da professora Aldenice Lúcio da Silva Lima, de 56 anos, que morreu na última quinta-feira (15) após a estrutura de um telão desabar na Escola Etelvino Lins, em Sertânia, no Sertão de Pernambuco, será enterrado na tarde desta sexta-feira (16). De acordo com familiares da vítima, o sepultamento ocorrerá às 15h, no Cemitério Alto da Saudade, no próprio município.

A tragédia ocorreu durante uma capacitação para cerca de 300 professores que ocorria na quadra da unidade de ensino. Na queda, a docente foi atingida. A prefeitura decretou luto oficial de três dias na cidade. Aldenice Lúcio da Silva, de 56 anos, ainda chegou a ser socorrida, mas morreu.

O secretário de Serviços Públicos, Renato Remígio, que também ficou ferido, foi socorrido para o Hospital Regional de Arcoverde, onde ainda permanece internado, sem previsão de alta, porém, estável.

Leia também:
Professora morre após estrutura de telão desabar em escola de Sertânia

  
O painel de ferro desabou por volta das 9h30 da quinta (15). Segundo familiares de Aldenice, ela era natural de Sertânia, casada e mãe de um casal de filhos. Ela era professora de uma escola municipal e de informática da Escola Técnica Estadual Arlindo Ferreira dos Santos. Segundo a Prefeitura de Sertânia, a capacitação acontece todos os anos no início do período letivo.

Devido ao ocorrido, a Prefeitura de Sertânia informou que o início das aulas da Rede Municipal de Ensino, que estava previsto para a próxima segunda-feira (19), foi adiado para a terça-feira (20). "Isso porque a reunião com a equipe de Educação, que aconteceria nesta sexta-feira (16), será realizada na próxima segunda. O município está de luto pela morte da professora Aldenice Lúcio", comunicou em nota.

Veja também

Projeto da Central Única das Favelas entrega chips de celular a estudantes bolsistas da Unicap
Inclusão digital

Projeto da Central Única das Favelas entrega chips de celular a estudantes bolsistas da Unicap

Governo cria comissão para monitorar poluição marítima
Meio ambiente

Governo cria comissão para monitorar poluição marítima